Procurados

Polícia divulga fotos dos foragidos suspeitos do assassinato de advogado em Balsas

Lyncon Jackson Silva Monteiro e João Vitor dos Santos Feitosa tiveram prisões decretadas após morte de Jaime Pereira.
Imirante.com15/09/2021 às 08h37
Suspeitos de matar advogado em Balsas estão foragidos. Foto: Divulgação.

BALSAS – Os dois suspeitos do assassinato do advogado Jaime Pereira, de 33 anos, em Balsas, tiveram as prisões decretadas pela Justiça.

Na noite dessa terça-feira (14), o delegado da regional de Balsas, Fagno Vieira, publicou em rede social uma nota sobre o caso informando os nomes e a foto dos suspeitos.

De acordo com a publicação, após o trabalho de investigação em parceria com a Polícia Militar, a Polícia Civil identificou os dois suspeitos: Lyncon Jackson Silva Monteiro e o suspeito de integrar uma facção criminosa João Vitor dos Santos Feitosa.

Jaime Pereira foi assassinado em Balsas. Foto: Arquivo Pessoal.

Segundo a nota do delegado, a polícia tenta localizar os suspeitos que já são considerados foragidos da Justiça. Informações sobre os procurados podem ser repassadas pelos telefones 190 ou (99) 98495-1456.

Eles devem responder além do homicídio, ainda segundo a publicação, por roubo e ocultação de cadáver.

Entenda

O corpo do advogado Jaime Pereira foi encontrado na manhã de segunda-feira (13), em uma estrada de terra que liga o povoado São Cardoso ao povoado Jenipapo, na região e Balsas. Jaime estava desaparecido desde o dia 10 deste mês. Ele foi visto pela última vez fazendo compras em uma loja de Balsas, cidade onde morava.

A família da vítima tentou contato com ele e, desde então, não obteve retorno. Jaime morava sozinho, e a polícia encontrou vestígios de sangue na casa dele, que havia comprado recentemente.

O cadáver foi encontrado enrolado em lençol e já em estado de decomposição.

Nota de esclarecimento

"O Conselho Regional de Educação Física da 21ª Região – CREF21 vem a público esclarecer que o Sr. Lyncon Jackson Silva Monteiro, foragido da polícia, relacionado ao caso da morte do advogado Dr. Jaime Pereira, em Balsas, diferentemente do que vem sendo divulgado, NÃO É profissional de Educação Física.

O Sr Lyncon atuava de forma ILEGAL como personal trainer e já havia sido fiscalizado e autuado pelo CREF, pelo exercício ilegal da profissão. O Conselho, além de combater o exercício ilegal da profissão, se preocupa com a imagem e integridade da nossa profissão, que não pode ser maculada por falsos profissionais.

O CREF21 informa ainda, que já foram encaminhados à Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Maranhão e à autoridade policial de Balsas/MA as informações acerca das fiscalizações do Sr. Lyncon, bem como a solicitação de retificação da terminologia aplicada a ele nas notícias veiculação, considerando que o mesmo não é profissional de educação física e, portanto, não poderia ser personal trainer.

Assim, o Conselho se coloca à disposição das autoridades e familiares para quaisquer esclarecimentos e transmite suas condolências à família enlutada do Dr Jaime Pereira."

*Matéria atualizada em 16 de setembro para retirada do termo "personal trainer" utilizado no texto.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.