Violência contra a mulher

Cantor Paulynho Paixão é preso em Bacabal após agredir fisicamente sua esposa

O caso foi registrado na madrugada deste domingo (11), em um hotel, no município de Bacabal.
Imirante.com11/08/2019 às 18h37
Paulynho Paixão na Delegacia de Bacabal, após ser preso por ter agredido sua esposa. Foto: divulgação.

BACABAL – Foi preso, na madrugada deste domingo (11), o cantor Francisco de Paula Moura, mais conhecido como “Paulynho Paixão”, ele foi preso em um hotel, no município de Bacabal, distante 247 km de São Luís, apontado como autor de agressões físicas contra a própria esposa, sendo enquadrado na Lei Maria da Penha.

Segundo o registro policial, a vítima chegou até a Delegacia de Bacabal pedindo ajuda, alegando ter sido muito agredida fisicamente por seu marido, o cantor Paulynho Paixão. Segundo ela, o companheiro arremessou uma cadeira contra a sua cabeça, a violentando, também, com chutes e socos.

Segundo o tenente Marcone Matos, do 15º BPM, ao chegar a delegacia, a vítima estava com lesões na cabeça, após as agressões sofridas pelo marido. Os policiais se deslocaram até o hotel onde a vítima foi agredida. Ao chegarem no local, os PMs encontraram o apartamento todo revirado e deram voz de prisão ao cantor Paulynho Paixão, que foi levado a delegacia.

Segundo relato da vítima aos policiais, há dias ela vinha sofrendo as agressões. Ainda segundo ela, a da madrugada desde domingo foi ocasionada após uma discussão entre o casal após um show. Por conta dos ferimentos na cabeça, a mulher foi encaminhada ao hospital para receber atendimento médico.

Paulynho Paixão e sua esposa em Teresina; a foto foi postada há poucos dias nas redes sociais do artista. Foto: reprodução / Instagram.

A assessoria de Paulynho Paixão informou que, por enquanto, o cantor não vai se pronunciar sobre o assunto. Ainda de acordo com a assessoria do artista, ele pagou fiança e foi liberado da delegacia. Paulynho Paixão responderá ao processo em liberdade.

Em suas músicas, o cantor piauense, apelidado como "o rei do coladinho", se tornou conhecido por abordar letras românticas, no estilo brega.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.