Prisões

Suspeitos e vítimas de sequestro são presos em Apicum-Açu

Vítimas pertencem a uma quadrilha especializada em estelionato.
Imirante.com10/04/2015 às 09h14

APICUM-AÇU - Um sequestro de quatro pessoas no município de Apicum-Açu terminou com a prisão de dois suspeitos e de todas as vítimas. O fato, que chama a atenção, começou com a ação de sequestradores na terça-feira (7), no município de Bacuri.

Por telefone, o delegado de Bacuri, Guilherme Luís Campelo dos Santos, conversou com o Imirante.com e explicou o caso, elucidado a partir de uma operação da Polícia Civil de Apicum-Açu em conjunto com a Polícia Militar. Segundo ele, Maria Mary Gatinho e Joberval Ferreira Coelho foram presos, na quarta-feira (8), pelo crime de sequestro. Eles são suspeitos de comandar a ação que fez quatro vítimas reféns em um sítio. Eles haviam sido sequestrados em Bacuri e, em seguida, levados para Apicum-Açu.

Após investigações, a polícia descobriu que as vítimas participavam de uma quadrilha especializada em estelionato junto à previdência social. Com eles, ainda, de acordo com o delegado, foram encontrados diversos documentos com a foto deles e nomes falsos. Eles já haviam recebido vários benefícios de pessoas falecidas. Todos, José Valdir Miranda Pereira, Isaias Soares Marques, Expedito Lopes da Silva e Conceição Nazareth Ribeiro, conhecida como "Maria do paruá", foram presos nessa quinta-feira (9).

O delegado explicou que uma das vítimas do sequestro se passava pelo pai do principal sequestrador, falecido a, aproximadamente, seis anos. Com documentos falsos, ela sacaria um benefício previdenciário acumulado no valor em torno de R$ 100.000. Os suspeitos do sequestro pretendiam, segundo o delegado, pegar a quadrilha e, também, o dinheiro.

Os homens presos foram encaminhados para a delegacia de Apicum-Açu, e as mulheres, para o presídio de Pedrinhas, em São Luís.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.