Criminalidade

Quase dobra os homicídios em uma noite neste mês em Imperatriz

Até dia 17 eram nove assassinatos e agora são 16 mortes em novembro.
Imirante Imperatriz19/11/2016 às 13h00
Até dia 17 eram nove assassinatos e agora são 16 mortes em novembro. (Foto: Reprodução)

IMPERATRIZ – A cidade de Imperatriz foi invadida por uma onda de criminalidade na noite dessa sexta-feira (18). Foram sete homicídios em vários bairros da cidade, de acordo com informações da Delegacia Regional. Esse número é bem expressivo, pois quase dobra os assassinatos no município este mês que até o dia 17 de novembro eram nove mortes, e agora são 16.

O primeiro crime deste mês foi na noite do dia 6 de novembro, onde, o taxista Antônio Pereira, de 52 anos, foi morto a tiros na avenida Newton Bello, bairro Santa Rita. O segundo crime foi registrado no dia 8, no qual um homem identificado como Anderson foi morto por disparos de arma de fogo próximo a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro São José. No dia seguinte, Ákila Santos Feitosa foi morta durante uma troca de tiros.

Já no dia 10 de novembro outra mulher foi morta a tiros, a vítima foi Laira Melissa Silva Costa. Também foi morto Uerberte Pontes Soares, de 29 anos, carroceiro que foi atingido por disparos de arma de fogo e morreu ao dá entrada no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI).

No dia 12, aconteceu na Vila João Castelo mais uma morte. Desta vez, Hortemar Ferreira Lima foi assassinado a tiros. Na madrugada dia seguinte (13), foram mortos Pedro Henrique Lira Pereira, no Santa Rita, e Francisco das Chagas Mesquita, no Parque Amazonas.

O nono homicídio aconteceu no bairro Bacuri, que vitimou um homem identificado como Edivaldo Sousa Silva, de 40 anos, morto a tiros. Edivaldo foi o último a ser assassinado antes da noite desta sexta-feira (18), em que sete homens foram executados a tiros, entre as 18h e 22h.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2017 - Todos os direitos reservados.