Competição

Maranhense Marcelo Medeiros participa do Rally dos Sertões

Piloto destaca diversidade de terreno no roteiro deste ano.
Imirante Esporte, com informações da assessoria11/08/2017 às 16h00
Marcelo Medeiros. (Foto: divulgação)

BRASIL - O histórico bastante favorável de Marcelo Medeiros no Rally dos Sertões é um incentivo ao maranhense para a etapa deste ano da segunda maior competição off-road da América Latina e mais dura prova de automobilismo do mundo. Ele já foi campeão da categoria em 2012, 2015 e vice em 2013. Pela oitava vez um maranhense, da Equipe Taguatur Racing, vai disputar uma prova do Rally dos Sertões; que acontecerá na próxima semana.

Com 28 anos, o piloto compete com um Yamaha Raptor 700, basicamente o mesmo usado no Dakar 2017. “Só melhoramos mais a ventilação para o motor não aquecer. Quero obter um bom resultado como em 2012, 2015 e 2013. Estou confiante”, destaca o piloto, que participou do Dakar nos dois últimos anos.

Ao todo, 248 veículos foram inscritos para os sete dias de competição. A categoria disputada por Marcelo Medeiros, a quadriciclos, terá um total de nove competidores; também participam carros, motos e UTVs. A prova será muito dura, como sempre, exigindo velocidade e resistência.

“Estamos muito felizes em representar o Maranhão desde 2010 e sem interrupções em uma das mais importantes competições mundiais do off road. Essa é uma prova dura e longa, mas estamos embalados pelos bons resultados da vitória no Rally dos Sertões e o objetivo é de levar a bandeira do Maranhão ao pódio. A competição tem um custo elevado, com uma logística bem complexa”, ressalta Medeiros.

Roteiro

A 25ª edição do Rally dos Sertões será realizada entre os dias 19 e 26 de agosto. A prova volta a ter a largada em Goiânia, capital de Goiás, no dia 20, com concentração no Autódromo Internacional de Goiânia. Depois segue em direção as cidades de Goianésia (GO), Santa Terezinha de Goiás (GO), Aruanã (GO), atravessando a fronteira com o Mato Grosso até Barra do Garças e com o Mato Grosso, para chegar a Coxim (MS), Aquidauana (MS) e Bonito (MS) onde sediará a chegada no dia 26, com a cerimônia de premiação.

Com um total de 3.344 quilômetros a serem percorridos, serão 2.049 de especiais, o que corresponde a aproximadamente 61% do roteiro total. A competição será dividida em prólogo (tomada de tempos) em seis quilômetros Cidade Alpha Goiás (o empreendimento Alphaville fica em uma área com 7,93 milhões de metros quadrados na região de Senador Canedo, próximo a Goiânia) e mais sete etapas.

“O roteiro já começa difícil desde da primeira etapa, pois terá uma especial de mais de 300 quilômetros, nunca praticados durante meus oito anos de Sertões. Além disso será um percurso totalmente diferente dos anos anteriores. Isso mostra a diversidade de terreno e chegada será pela primeira vez em Bonito (MS), uma das regiões mais incríveis do país”, avalia Medeiros.

Roteiro 2017:

19/8 - Prólogo: Goiânia (GO)

20/8 - Etapa 1: Goiânia (GO) - Goianésia (GO)

21/8 - Etapa 2: Goianésia (GO) - Santa Terezinha de Goiás (GO)

22/8 - Etapa 3: Santa Terezinha de Goiás (GO) - Aruanã (GO)

23/8 - Etapa 4: Aruanã (GO) - Barra do Garças (MT)

24/8 - Etapa 5: Barra do Garças (MT) - Coxim (MS)

25/8 - Etapa 6: Coxim (MS) - Aquidauana (MS)

26/8 - Etapa 7: Aquidauana (MS) – Bonito (MS)

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2017 - Todos os direitos reservados.