Condenação

Justiça condena homem por homicídio praticado em São Luís

Acássio Bruno Duarte de Jesus foi condenado a nove anos e seis meses de reclusão pelo assassinato de Josenilson Pereira Soares, em 2015.
Divulgação / CGJ-MA11/07/2020 às 10h56
Justiça condena homem por homicídio praticado em São LuísO julgamento ocorreu nessa sexta-feira (10), no Fórum Des. Sarney Costa. (Foto: divulgação / CGJ-MA)

SÃO LUÍS - O Tribunal do Júri de São Luís condenou Acássio Bruno Duarte de Jesus a nove anos e seis meses de reclusão pelo assassinato de Josenilson Pereira Soares, ocorrido na noite do dia 16 de dezembro de 2015, na residência da vítima, no bairro Pão de Açúcar. O julgamento ocorreu nessa sexta-feira (10), no Fórum Des. Sarney Costa.

Para prevenir o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19), o espaço onde ocorreu o júri passou por sanitização no dia anterior e, durante a sessão, foram tomadas outras medidas sanitárias como a obrigatoriedade do uso de máscaras, distanciamento entre as pessoas, fornecimento de álcool em gel e restrição de acesso ao local.

Acássio Bruno Duarte, também identificado como Nicássio, condenado por homicídio simples, vai cumprir a pena em regime fechado, em unidade prisional da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária, onde já estava preso preventivamente e para onde foi levado logo após o júri. O juiz titular da 4ª Vara do Tribunal do Júri, José Ribamar Goulart Heluy Júnior, que presidiu o julgamento, negou ao réu o direito de recorrer da decisão em liberdade. Atuou na acusação o promotor de Justiça Samaroni Maia.

Consta nos autos que o réu acusava a vítima de ter assassinado um irmão do denunciado poucos meses antes e que o crime teria sido motivado por uso e vendas de drogas. Segundo a denúncia do Ministério Público, Acássio Bruno Duarte premeditou o homicídio, indo armado até a casa de Josenilson Pereira e disparando quatro tiros contra ele. Ao ser interrogado em juízo, ele confessou ter praticado o crime.

Ainda de acordo com os autos, Acássio Bruno Duarte responde a outros processos criminais. Na sentença o magistrado ressalta que o réu já foi condenado em ação penal na 3ª Vara Criminal, com trânsito em julgado ocorrido antes da data do homicídio contra Josenilson Pereira, caracterizando a reincidência.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.