Tentativa de assalto

Detidos três suspeitos de manter família refém em São Luís

Na tarde desta terça-feira (27), bandidos invadiram uma casa no bairro do Filipinho.
Imirante.com, com informações da Mirante AM27/09/2016 às 15h30

SÃO LUÍS – Três pessoas foram detidas na tarde desta terça-feira (27), suspeitas de manter uma família refém no bairro do Filipinho, em São Luís. Os presos foram: Rafael Pereira Teixeira 18 anos; Vinícius Oliveira Serra, de 22 anos; e um adolescente de 16 anos, que estava vestindo a farda de uma escola da capital.

A Polícia Militar foi ao local e cercou a residência. / Foto: Alessandra Rodrigues/Mirante AM

Segundo informações do coronel Honório, comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM), por volta das 14h30, a Polícia Militar foi informada que três pessoas tinham entrado em uma casa para roubar e estavam mantendo pessoas como reféns.

Uma equipe foi ao local da ocorrência e fez o cerco policial. Com a chegada da polícia, os criminosos liberaram as vítimas e conseguiram fugir pelos fundos da residência sem levar nada de valor da casa. Ao fazer buscas nas imediações, os policiais capturaram os três suspeitos de praticar o crime. Com eles, a polícia encontrou duas armas de fogo calibre 38 com munições. Os dois adultos foram detidos e levados para a Delegacia de Roubos e Furtos, já o adolescente foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente Infrator.

A Polícia Militar foi ao local e cercou a residência. / Foto: Divulgação

O dono da casa, que é comerciante na região, falou à rádio Mirante AM sobre os momentos de tensão que passou com a abordagem dos criminosos.

“Por volta das 13h, eu estava no meu quarto dormindo, quando acordei com a presença de três criminosos armados. Eles ficaram andando pela casa e pedindo para eu mostrar onde estava o dinheiro, mas eu não tinha dinheiro nenhum. Na hora do crime, estava eu e meus dois filhos, um menino de 12 anos e uma jovem de 17. Os bandidos vasculharam a casa e, como não encontram nada, me amarraram com uma corda. Um vizinho olhou e chamou a polícia”, relatou a vítima.

Ouça a entrevista completa que a vítima deu na Mirante AM falando sobre o caso:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.