Geral | Medicina

HU-UFMA realiza ações de conscientização sobre doação de órgãos e tecidos

No Maranhão, os transplantes são realidade há 20 anos e de acordo com dados publicados na Revista Brasileira de Transplantes, em 2020, em 2020, houve 123 notificações de potenciais doadores de órgãos
31/08/2021 às 17h32
HU-UFMA realiza ações de conscientização sobre doação de órgãos e tecidosEquipe do HU-UFMA realiza cirurgia de transplante de órgãos (Divulgação)

O mês de setembro está chegando e com ele uma temática muito importante ganha ainda mais destaque: a doação de órgãos. Ela é vista como um ato de solidariedade para a maioria das pessoas, porém o momento de tomada de decisão sobre a doação acontece geralmente em uma situação muito difícil para a família, quando ela tem que lidar com a perda de um ente querido. Além da dor pela morte, existe uma escassez de conhecimento sobre o assunto, gerando apreensão, dúvidas e indecisão, o que acaba por gerar resposta negativa para a doação.

O Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), por meio da Unidade de Transplantes, irá promover durante todo o mês de setembro ações que sensibilizem sobre a importância da doação de órgãos e tecidos.

No Maranhão a realização de transplante de órgãos foi iniciada há 20 anos e de acordo com dados publicados na Revista Brasileira de Transplantes, no ano de 2020 ocorreram 123 notificações de potenciais doadores de órgãos, sendo 80 elegíveis para doação; destes, 18 entrevistas familiares foram realizadas e 9 famílias foram favoráveis ao procedimento, mantendo o estado com alta uma taxa de recusa familiar (50%).

Além disso, a pandemia do novo coronavírus aumentou ainda mais as dificuldades. Nesse cenário, o programa de doação e transplante também foi atingido por esse caos na saúde e na economia, sendo necessárias ações para possível recuperação do serviço com maior brevidade possível, visto a magnitude de sua importância para o sistema sanitário.

A responsável técnica da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT), Kênya Mara Veras Santos, enfatiza o quanto é importante falar sobre esse tema “ Temos uma baixa positiva familiar. E isso tudo é reflexo da falta de informação. Quanto mais se fala sobre, quanto mais tiramos as dúvidas de todo o processo, mais será possível termos o “sim” para a doação. Por isso, a proposta no mês de setembro é intensificar as atividades de conscientização para alcançarmos um número cada vez maior de pessoas. ”

A responsável técnica do Banco de Olhos, Ângela Veiga, acrescenta ainda o quanto a pandemia impactou na doação de córneas. “Tivemos uma queda significativa nas doações de córneas. Antes da pandemia eram 490 pessoas aguardando e hoje temos 715 pessoas nessa fila. Precisamos diminuir essa fila, sensibilizando cada vez mais pessoas e com isso proporcionar um tempo de espera menor para tantos que precisam. ”

Com a campanha “Doe Órgãos! Salve Vidas!” uma série de ações serão desenvolvidas. Confira a programação:

Ornamentação das entradas e refeitórios das unidades hospitalares do HU-UFMA (Presidente Dutra e Materno Infantil) com laços, banners e faixa relacionados à campanha e iluminação verde, permanecendo durante todo mês de setembro;

15/09/2021- 08h30: Ação de sensibilização no IML e SVO devido as possibilidades de doações de tecidos oculares;

20/09/2021: Veiculação de vídeos e imagens dos servidores e comunidade apoiando e incentivando a causa da doação de órgãos e tecidos, bem como caixa de perguntas e respostas divulgadas no Instagram do HU-UFMA, iniciando dia 20/09/21 até 27/09/21;

23/09/2021- 08h: Ação de sensibilização na Praça Deodoro (em frente à Biblioteca Benedito Leite), respeitando as restrições relacionadas à pandemia;

27/09/2021: Dia Verde no HU-UFMA – distribuição de brinde* e sensibilização nas duas unidades hospitalares;

IMPORTANTE: Durante todo o mês serão realizadas rodas de conversas nos setores, conforme alinhamento prévio junto às lideranças e respeitando as medidas estabelecidas de restrição contra a COVID-19.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte