Esporte | No sufoco!

Juventude Samas perde por 2 x 0, mas avança às semifinais do Estadual

IAPE, que perdeu por 3 x 0 na partida de ida, venceu nesta quinta-feira, 29, por 2 x 0, mas o Peixe Poraquê que ficou com a vaga
29/04/2021 às 18h51
Juventude Samas perde por 2 x 0, mas avança às semifinais do EstadualIAPE e Juventude se enfrentaram no estádio Castelão (Matheus Dahsan / FMF)

SÃO LUÍS – Com uma dose de emoção, o Juventude Samas conseguiu fazer valer a vantagem que construiu no primeiro jogo e, mesmo perdendo por 2 x 0, avançou às semifinais do Campeonato Maranhense. Ao IAPE, ficou aquela sensação de que poderia ter feito algo melhor no duelo lá em São Mateus. Os times se enfrentaram novamente, nesta quinta-feira, 29, no estádio Castelão, em São Luís, e, mesmo com a vitória, o Canário da Ilha, que perdeu por 3 x 0 na ida, foi eliminado.

E as semifinais?

O Juventude Samas vai enfrentar o Moto Club nas semifinais do Estadual. O Papão, por ter melhor campanha, vai decidir em casa. O primeiro duelo deve ser nesta segunda-feira, 3, às 15h30, no estádio Pinheirão, em São Mateus, e o segundo e decisivo duelo deve ocorrer na sexta-feira, 7, provavelmente no estádio Nhozinho Santos. Os horários dos jogos da volta e os locais ainda não foram divulgados.

E a outra partida?

Também jogando pela segunda fase do Estadual, Pinheiro e São José se enfrentaram na tarde desta quinta-feira, no estádio Costa Rodrigues, em Pinheiro. O time da casa, que havia vencido em São Luís, por 3 x 0, venceu novamente, por 1 x 0, e vai enfrentar o Sampaio Corrêa nas semifinais. O Pinheiro deve receber o Sampaio, já neste domingo, 2, novamente no Costa Rodrigues, no primeiro embate na busca por uma vaga na final.

IAPE na frente

Precisando de quase um milagre, o IAPE foi para cima no começo da partida, e, após algumas chances criadas, abriu o placar aos sete minutos. Edrean recebeu um passe de Vinícius Barata e, com uma jogada individual, limpou a marcação e mandou uma bomba: 1 x 0 para o Canário da Ilha no Castelão.

Depois do susto, o Juventude entrou na partida e o duelo passou a ser mais equilibrado. Aos 32 Edrean fez boa jogada, a bola sobrou para Ricardo Maranhão, que entrou sozinho na área, mas errou na hora da finalização. Aos 38, Edrean novamente, melhor jogador da partida, mandou outra bomba na direção do gol de Bruno, mas a bola foi para fora, com perigo.

No fim da primeira etapa Gustavo ainda conseguiu finalizar mais uma vez para o IAPE, mas Bruno pegou com tranquilidade.

E o fim da primeira etapa terminou mesmo com 1 x 0 para o time da casa.

Faltou só um gol

Mais disposto a manter sua vantagem, o Juventude voltou para segunda etapa mais empolgado, e, aos três minutos, Cleyton recebeu bom passe de William Amendoim, mas errou o alvo, mas a chance foi boa.

Aos 11 Betão evitou o que seria o segundo gol do IAPE, ao tirar a bola dos pés de Denilson, que iria finaliza de frente para o gol. Naôh acertou um bom chute aos 18, mas a bola passou por cima do gol de Moisés. Aos 26, Cleyton também experimentou, mas também errou a “casinha”. Juventude resolveu entrar no jogo.

Aos 31 o IAPE fez mais um e botou “fogo” na partida. Depois de um escanteio, Kaká ganhou disputa com Betão e mandou para o fundo das redes: 2 x 0 IAPE.

No fim da partida foi pressão total do IAPE. Aos 41, Bruno fez boa defesa depois de uma cobrança venenosa de falta de Kaká, que ainda desviou na barreira. Aos 47 Gotinha também experimentou, mas Bruno, atento, espalmou.

Aos 50, em lance rápido o Juventude ainda teve uma chance com Rafinha, mas desperdiçou a chance de matar a partida. No entanto, o Canário não conseguiu fazer o terceiro e o Peixe Poraquê passou um susto, mas se classificou para as semifinais.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte