Geral | Online

Oi Futuro abre inscrições para formação gratuita em Cultura Digital para educadores da rede pública

Desenvolvido pelo programa NAVE, curso autoinstrucional Cultura Digital para Educação Criativa é voltado para professores do Ensino Médio de todo o Brasil; inscrições vão até dia 7 de maio
28/04/2021 às 11h37
Oi Futuro abre inscrições para formação gratuita em Cultura Digital para educadores da rede públicaInscrições vão até o dia 7 de maio (Banco de imagens/Freepik)

Rio de Janeiro - O Oi Futuro abre inscrições nesta quarta-feira, 28 de abril, Dia Mundial da Educação, para curso gratuito voltado para professores de ensino médio da rede pública de todo o Brasil: Cultura Digital para Educação Criativa. Desenvolvido pelo programa NAVE (Núcleo Avançado em Educação), o curso será oferecido por meio de plataforma digital, no modelo autoinstrucional sem tutoria e com certificação digital. As inscrições vão até dia 7 de maio pelo link: http://bit.ly/cdecautoinstrucional.

O curso prevê carga horária máxima de 10 horas, e ficará aberto entre os dias 17 de maio e 17 de julho. Os participantes que concluírem todas as etapas do curso, nesse período, serão certificados. São 250 vagas disponíveis.

O NAVE já formou mais de 2.600 educadores das redes públicas com cursos presenciais, semipresenciais e remotos oferecidos regularmente. No formato 100% online, o programa ampliou o atendimento para professores de todas as regiões do país.

Com 15 anos de atuação, o NAVE é um programa de inovação em educação criado pelo Oi Futuro, em parceria com as Secretarias de Estado de Educação do RJ e PE, na modalidade ensino médio integrado ao profissional, com foco nas economias criativa e digital. As escolas do programa funcionam como espaços de criação e experimentação de metodologias pedagógicas inovadoras, disseminadas para escolas de todo o país por meio da capacitação de educadores e de publicações digitais distribuídas gratuitamente.

“O NAVE é um laboratório de experimentação em educação, onde professores desenvolvem e sistematizam soluções que podem inspirar outras escolas da rede pública. Neste cenário da pandemia, o curso foi repensado para o ensino remoto, reforçando o nosso compromisso com o compartilhamento do conhecimento para apoiar educadores nos desafios da aprendizagem em mídias digitais”, diz Carla Uller, gerente executiva de Educação, Comunicação e Inovação Social do Oi Futuro.

Sobre o curso

Cultura Digital para Educação Criativa é uma formação gratuita, online e autoinstrucional sem tutoria, com certificação para educadoras e educadores do Ensino Médio da rede pública. No curso, exploraremos a Cultura Digital como competência geral da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e realizaremos atividades criativas e acessíveis para ampliar o repertório dos educadores no desenvolvimento de práticas pedagógicas. Ao término, educadoras e educadores poderão planejar aulas mais dinâmicas e interativas fazendo uso pedagógico, crítico e consciente das mídias e ferramentas digitais.

O curso está organizado em três módulos, são eles: Introdução à Cultura Digital, Educação Midiática, Mediação e Interação em Ambientes Digitais. As atividades serão disponibilizadas no Google Classroom do curso em diferentes formatos de mídia (vídeos, textos, podcasts, jogos entre outros).

A iniciativa é resultado da atuação do NAVE_Midia Lab, laboratório criativo de experimentações em cultura digital e educação midiática, responsável pela formação de professores e estudantes nas escolas de Recife e do Rio.

Sobre o NAVE

O NAVE (Núcleo Avançado em Educação) é o programa ensino médio integrado à educação profissional do Oi Futuro, que já formou mais de 3 mil jovens em 15 anos de atuação. Criado pelo instituto em parceria com as Secretarias de Estado de Educação do RJ e PE, o programa é desenvolvido em duas escolas públicas de tempo integral, em Recife, desde 2006, e no Rio, desde 2008. O NAVE tem como objetivo desenvolver metodologias educacionais e formar jovens para trabalhar com inovação e tecnologias digitais, preparando-os para profissões contemporâneas na área digital e criativa, como produção de games, aplicativos e produtos audiovisuais. Como estratégia pedagógica, o programa integra disciplinas regulares e cursos técnicos em Programação e Multimídia, com um currículo que articula teoria e prática por meio de projetos do tipo mão na massa. Dessa forma, é possível unir, por exemplo, biologia e animação 3D para estudar o corpo humano.

As escolas NAVE funcionam como laboratórios de criação e experimentação de metodologias pedagógicas inovadoras, que colocam o aluno no centro do processo ensino aprendizagem e aumentam o engajamento dos jovens do ensino médio. Essas práticas são disseminadas por meio de cursos de formação online e semipresenciais oferecidos a educadores da rede pública, em áreas como Robótica e Midiaeducação, e de publicações digitais gratuitas como o “E-NAVE - Guia de Práticas Pedagógicas Inovadoras”, que teve sua segunda edição lançada em 2019.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte