Cidades | Dada a largada

Vacinação contra gripe começa com grupo prioritário em São Luís

Crianças entre seis meses e um ano de idade estão sendo vacinadas hoje (12) em 61 pontos da cidade
12/04/2021 às 10h00
Vacinação contra gripe começa com grupo prioritário em São LuísBebê sendo vacinado contra influenza em posto de São Luís (Paulo Soares/ O Estado)

São Luís – Começou nesta segunda-feira, 12, a campanha nacional de vacinação contra influenza. A imunização teve início com a aplicação das doses em crianças entre seis meses e um ano de idade.

A meta da campanha é a imunização de 90% dos grupos considerados prioritários, de acordo com orientação do Ministério da Saúde. Amanhã, 13, (terça-feira) e 14 (quarta-feira) será a vez das crianças de um ano de idade.

São Luís conta com 61 pontos de vacinação espalhados pela cidade. Vacinas serão aplicadas das 8h às 17h de segunda a sábado.

SAIBA MAIS

Cronograma

Nos dias 15 e 16 deste mês, a imunização prossegue, voltada para atender as crianças com 2 anos de idade. Nos dias 17 (sábado) e 19 (segunda-feira) deste mês, serão imunizadas crianças de 3 anos; nos dias 20 (terça-feira) e 21 (quarta-feira), são vacinadas crianças com 4 anos de idade e nos dias 22 (quinta-feira) e 23 (sexta-feira) deste mês, são vacinadas contra a influenza apenas as crianças com 5 anos de idade.

Nos sábados, dias 17 e 24 deste mês, os postos estarão abertos das 8h às 17h para atender aos chamados retardatários, ou seja, somente os pais ou responsáveis legais que perderam os prazos anteriores de chamamento do cronograma oficial. Para a vacinação contra a Influenza, ao contrário da campanha contra a Covid-19, não é necessário cadastro prévio, bastando levar a carteira de vacinação da criança.

Na segunda etapa da campanha, a Semus contemplará os demais públicos prioritários - gestantes, puérperas e profissionais de saúde - que serão chamados a partir do dia 27 deste mês.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte