Cidades | Covid-19

Hospitais privados estão com taxas de ocupação de UTI acima de 90%

Em análise dos boletins dos três hospitais particulares que recebem pacientes da Covid-19 em São Luís, todos estão com apenas um leito de UTI disponível
Kethlen Mata/ O Estado07/04/2021
Hospitais privados estão com taxas de ocupação de UTI acima de 90%Hospitais da rede privada próximos do limite de internações em UTI (Divulgação)

São Luís – Em São Luís, três hospitais da rede privada atendem pacientes com a Covid-19, além da rede pública de saúde. De acordo com os boletins de segunda-feira, 5, todos eles estão com taxa de ocupação acima de 90%. O Hospital UDI, Hospital Guarás e Hospital São Domingos, juntos possuem apenas três leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), cada um, com um leito disponível. Nesta terça-feira, 6, O Estado analisou os dados disponibilizados por esses hospitais e também os boletins da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Prefeitura de São Luís.

Em cumprimento do disposto no art. 6º, inciso III, da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, os estabelecimentos de saúde da rede privada, localizados no Maranhão, devem tornar públicos, mediante cartazes afixados na recepção e publicações em suas páginas na internet: o número de leitos de internação hospitalar, a exemplo dos leitos clínicos e de UTI, de apartamentos, bem como de enfermarias ocupados e disponíveis para o atendimento de pacientes contaminados pela Covid-19, e o número de óbitos e de altas médicas relativas aos infectados pelo novo coronavírus.

Hospital UDI
No Hospital UDI, no Jaracati., são 50 leitos de UTI disponíveis para o tratamento da Covid-19, mas apenas um estava livre, conforme o último boletim, no dia 5. Quantos aos leitos clínicos, são 35 e todos eles estão sendo utilizados, vale ressaltar que esses dados são referentes ao boletim do dia 5. Além disso, quatro pessoas esperam por uma vaga em um leito clínico na unidade. Na pediatria a situação é semelhante, não há nenhum leito dos quatro disponíveis, e uma criança aguarda na fila por uma vaga.

Hospital São Domingos

No caso do Hospital São Domingos, na Avenenida Jerônimo de Albuquerque, no Bequimão, são 65 leitos para UTI, e também, havia apenas um livre para um novo paciente, de acordo com o último boletim. A situação só está melhor para os leitos de enfermaria, que está com taxa de ocupação igual a 65,15%, são 23 de 66 leitos disponíveis. O hospital também divulga em seu site, a quantidade de pessoas internadas com suspeita e confirmadas com a infecção pelo coronavírus, são 45 e 66 respectivamente.

Hospital Guarás
O Hospital Guarás, na Kennedy, que possui 10 leitos de UTI destinados a enfermos da Covid-19, também está com apenas um livre, o que representa uma taxa de ocupação de 90%. Dos 21 leitos clínicos, 16 estão ocupados (76%), segundo o último boletim disponibilizado.

Rede Pública
Até a manhã desta terça, 6, a taxa de ocupação de leitos de UTI da rede pública para o tratamento da Covid-19 na Grande Ilha de São Luís é de 88,93%, no momento, restam 30 leitos livres. Os leitos de enfermaria ocupados são 82,32%, sobrando 96. Lembrando, que essa taxa diz respeito a leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) na rede Secretaria de Estado da Saúde (SES).

A taxa de ocupação dos leitos na Região Metropolitana de São Luís, apresentou uma queda significativa, logo após a inauguração do Hospital de Campanha de São Luís, na última quinta-feira, 31. O Estado procurou a SES para saber qual a taxa de ocupação apenas no local, mas até o fechamento desta edição, não obteve resposta.

Em Imperatriz, segundo o último boletim da SES, há somente três leitos livres de UTI, uma taxa de ocupação de 95,83%. Para os leitos clínicos, 52 estão vagos de um total de 194, ou seja, 73,20% de ocupação.

A situação mais tranquila – em relação a leitos clínicos – é a do interior do estado. Ainda restam 309 unidades disponíveis, uma taxa de ocupação de 43,61%. Os leitos de UTI nas demais regiões do estado são 243, desses 86 se encontram disponíveis para pacientes com o coronavírus, o que equivale a 64,61% de ocupação.

Especificamente em São Luís, a Prefeitura Municipal informou nesta segunda-feira, 5, que a taxa de ocupação de leitos de UTI está em 90%, de 30 disponíveis, 27 estão ocupados. Dos 90 leitos de enfermaria disponíveis – incluindo suporte avançado – são 30 ocupados (33,4%).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte