Geral | Estudo

Ausência de melatonina na gestação pode causar problemas metabólicos

Substância ajuda a regularizar o funcionamento do pâncreas após o parto, que tem a produção de insulina aumentada durante a gravidez
04/04/2021 às 11h13

São Paulo - Pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) descobriram que o hormônio melatonina, conhecido como "hormônio do sono", apresenta uma função importante na gestação: ele ajuda a regularizar o funcionamento do pâncreas após o parto, que tem a produção de insulina aumentada durante a gravidez. Publicado no Journal of Pineal Research, o trabalho indica que a falta de melatonina prejudica o remodelamento pancreático pós-gestação e pode causar diabetes no futuro.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte