Cidades | Em funcionamento

Hospital de Campanha começa a atender nesta quinta-feira, 1º

A unidade de saúde está localizada no Espaço Renascença e contará com 80 leitos, sendo 10 de UTI, 20 de ambulatório e 50 de enfermaria; vão trabalhar mais de 600 profissionais para atender a demanda de Covid-19
Ismael Araújo / O Estado01/04/2021
Hospital de Campanha começa a atender nesta quinta-feira, 1ºUnidade hospitalar exclusiva para pacientes com covid foi montada no Renascença (Divulgação)

São Luís - O Hospital de Campanha de São Luís, localizado no Espaço Renascença, vai começar a receber pacientes de Covid-19 a partir desta quinta-feira, 1º, segundo o secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo. A informação foi publicada em primeira mão, na manhã desta quarta-feira, 31, no site de O Estado (oestadoma.com). A unidade vai atender a alta demanda neste período. A taxa de ocupação dos leitos de UTI nos hospitais públicos da Ilha era de 92,03% , enquanto, dos leitos clínicos, apenas 59 estavam livres dos 493 disponibilizados a pacientes acometidos pela Covid-19, conforme boletim epidemiológico divulgado na noite desta quarta-feira, 31.

Resultado de parceria do Governo do Estado com o Grupo Mateus, sob a coordenação da Seinc, e da Universidade Ceuma, a unidade de saúde vai disponibilizar 80 leitos destinados exclusivamente a pacientes de Covid-19, sendo 10 de UTI, 50 de enfermeira e 20 ambulatoriais.

Ainda segundo o secretário Simplício Araújo, mais de 600 profissionais vão trabalhar no hospital, para atender a demanda. Entre os profissionais, estão médicos, assistentes sociais, agentes de portaria, auxiliares administrativos, auxiliares de farmácia, auxiliares de hotelaria, auxiliares de manutenção, copeiras, enfermeiros, enfermeiros de UTI, farmacêuticos, fisioterapeutas, fisioterapeutas de UTI, fonoaudiólogos, maqueiros, motoristas, nutricionistas, psicólogos, recepcionistas, técnicos em enfermagem e técnicos em segurança do trabalho.

“O hospital vai ter uma equipe multidisciplinar trabalhando 24 horas”, frisou o secretário Simplício Araújo.

Montagem
Na manhã de quarta-feira, 31, trabalhadores estavam empenhados na finalização da montagem do hospital. As camas e os colchões já estavam nas alas da enfermeira e da UTI. A eletricidade do local já havia sido ligada e já estavam instalados aparelhos de oxigênio em várias alas do hospital. Na parte externa do prédio, já estava instalada a placa com o nome do hospital e havia pessoas limpando a entrada, fazendo marcações e trabalhando em um galpão, cortando e soldando peças para a estrutura da unidade.

Outros hospitais
No interior do estado funcionam outros dois hospitais de campanha destinados a pacientes da Covid-19. Uma das unidades é na cidade de Imperatriz, entregue no último dia 9, contando com 60 leitos, sendo 10 de UTI e 50 de enfermaria.

O hospital fica localizado no Centro de Convenções daquela cidade e ajudou a desafogar o sistema de saúde público da Região Tocantina. Para sua montagem houve investimento de R$ 2, 8 milhões e o governo estadual contou com o apoio financeiro da empresa Suzano.

O outro hospital de campanha está localizado no município de Bacabal, iniciou o atendimento no dia 22 de fevereiro deste ano e, segundo o governo estadual, recebe pacientes com sintomas gripais suspeitos de Covid-19 de toda a região do Médio Mearim.

A unidade de saúde foi doada ao Maranhão pelo governo dos Estados Unidos e a Seinc viabilizou a doação da estrutura após diálogos com a embaixada norte-americana no Brasil. O hospital conta com 40 leitos, geradores de energia, quatro ventiladores e tem estrutura semelhante às que foram implementadas nos EUA.

SAIBA MAIS

O primeiro Hospital de Campanha de São Luís foi entregue no dia 18 de maio do ano passado pelo Governo do Estado e funcionava no pavilhão de eventos do Multicenter Negócios e Eventos, de propriedade do Sebrae-MA, no Cohafuma. Levou duas semanas para ficar pronto, contava com 200 leitos e realizou mais de 1,6 mil atendimentos à pacientes com o novo coronavírus.

NÚMERO

80 leitos são disponíveis à paciente da covid, no Hospital de Campanha de São Luís

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte