Geral | Futuro do trabalho

Tendência: 23,8% dos líderes apostam no fim ou redução dos escritórios

Pesquisa da Workana aponta ainda que 16,1% dos gestores pretendem contratar talentos de outras cidades e até mesmo de outro países
10/01/2021 às 10h23

São Paulo - A pandemia redefiniu muitas tendências no mercado de trabalho e, nesse contexto, a Workana , maior plataforma que conecta freelancers a empresas da América Latina, fez um levantamento, pela perspectiva dos gestores das empresas, que mostra que deverá haver mais flexibilidade na relação entre funcionários e contratantes. Para 16,1% dos líderes, por exemplo, no futuro do trabalho, o principal ponto a ser avaliado para uma contratação será a competência do profissional, independentemente de ele estar a quilômetros de distância ou não.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte