Polícia | Violência

Maranhão teve aumento de assassinatos superior a 15%

Dados do Monitor da Violência revelam que 1.363 pessoas foram assassinadas a tiro ou por arma branca durante os primeiros nove meses deste ano; somente na Ilha, a média é de 28 mortes/mês
Ismael Araújo / O Estado20/11/2020

São Luís - O Maranhão, Espírito Santo, Paraíba e o Ceará foram os estados da federação que registraram altas superiores a 15% no número de assassinatos ocorridos durante os primeiros nove meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o Monitor da Violência, que foi divulgado ontem no G1. Os casos de mortes violentas (homicídio, latrocínio e lesão corporal seguido de morte) no país são levantados de forma mensal pelo site noticioso da Globo em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte