Geral | SRAG

InfoGripe: São Luís apresenta sinal de crescimento moderado em SRAG

De acordo com os dados da Fiocruz referente a Semana Epidemiológica 46, a capital maranhense já acumulou cerca de seis semanas consecutivas com sinal de crescimento na tendência de longo prazo
Com informações da Fiocruz20/11/2020 às 11h16
InfoGripe: São Luís apresenta sinal de crescimento moderado em SRAGDivulgação

São Luís – A pesquisa InfoGripe da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), referente a Semana Epidemiológica 46 (de 8 a 14 de novembro), mostrou que São Luís faz das capitais brasileiras que estão em crescimento moderado das chamadas Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG), com o aumento acima de 75%.

A análise tem como base os dados inseridos no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até o dia 16 de novembro. Dentre os positivos em todo o país, 0,4% foram relacionados a Influenza A; 0,2% a Influenza B; 0,4% a vírus sincicial respiratório (VSR); e 97,7% a Sars-CoV-2 (Covid-19). Com relação a óbitos por SRAG, todas as regiões do país se encontram na zona de risco. A maioria apresenta ocorrência de casos muito alta, exceto a região Sul, que encontra-se em nível epidêmico. Quanto aos óbitos de SRAG por Covid-19, todas as regiões também estão na zona do risco, com número de casos muito altos.

De acordo com a análise, Rio Branco (AC) foi a única capital com sinal forte de crescimento na tendência de longo prazo. Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), João Pessoa (PB), Natal (RN), Região de Saúde Central (DF), São Luís (MA), e Vitória (ES) apresentaram sinal moderado de crescimento no longo prazo.

Florianópolis, João Pessoa e São Luís já acumulam cerca de seis semanas consecutivas com sinal de crescimento na tendência de longo prazo.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte