Polícia | Custodiados

Justiça prorroga prisão domiciliar de apenados em Codó

Os internos do presídio de Codó podem ficar em casa até o dia 31 do próximo mês
25/07/2020

São Luís - O Poder Judiciário prorrogou até o dia 31 do próximo mês a prisão domiciliar dos internos da Unidade Prisional de Ressocialização de Codó, que cumprem pena em regime semiaberto, mas não podem sair da sua residência, sem autorização judicial, exceto, para atendimento médico de urgência.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte