Cidades | Vaquinha

Criança com paralisia cerebral espera por cadeira de rodas há quase 4 anos

Família também teve auxílio do governo cortado; uma vaquinha virtual foi criada para arrecadar fundos
Kethlen Mata/ O Estado 16/06/2020 às 10h50
Criança com paralisia cerebral espera por cadeira de rodas há quase 4 anos  Arquivo pessoal

São Luís – Rayan Lopes, de 8 anos, espera há quase 4 anos por uma cadeira de rodas especial. A criança é natural do munícipio de Turiaçu e foi diagnosticada desde muito cedo com paralisia cerebral. Com o auxílio que recebia do governo cortado há 1 ano, a família decidiu recorrer as redes sociais para levantar fundos para ajudar nas despesas do menino.

De acordo com o pai, Eronilson Lopes, o auxílio foi desativado por um erro do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). “Fui no INSS e me falaram que tinha sido cortado porque estava constando uma renda per capita acima do permitido, só que meu ambiente familiar é apenas eu e o Rayan, e eu não trabalho de carteira assinada e nunca trabalhei”, contou ele. Eronilson trabalha como pedreiro e contava com a ajuda desse auxílio para arcar com os custos do tratamento do filho.

Há quase 4 anos, foi prescrita uma cadeira de rodas especial adaptada para as necessidades do Rayan, porém o custo é muito alto. A família procurou a Secretaria de Saúde da cidade, mas nunca conseguiu receber a cadeira. “Falaram que ele tinha que estar estudando para poder receber, mas como é que ele vai estudar se ele não tem a cadeira? A cadeira era justamente pra isso”, completou o pai.

Vaquinha

Diante de tantas dificuldades para conseguir o equipamento, os familiares da criança decidiram recorrer por conta própria, criando um perfil nas redes sociais e uma vaquinha virtual para arrecadar fundos para comprar a cadeira e pagar outras despesas do tratamento.

O perfil do Rayan nas redes sociais é @ajude.rayan, e já conta com quase 100 seguidores, a divulgação da página também é uma forma de ajudar na causa. Para cooperar com a vaquinha, basta clicar aqui e contribuir com algum valor.

Quem preferir, pode ajudar através de transferência bancária.

Banco: Caixa

Agência: 2063

Tipo: 013

Conta: 00131743-2 (Osvaldo Luís Moura Lopes, avô do Rayan)

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte