Temporais

Média de chuvas está 15,5% a mais que o previsto para abril em São Luís

De acordo com o Laboratório de Meteorologia da Uema, até as 12h desta terça-feira, 28, já havia chovido 548,6 milímetros na capital

Kethlen Mata/ O Estado MA

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h20
Tempo fechado reflete índice de chuvas acima da média na Ilha
Tempo fechado reflete índice de chuvas acima da média na Ilha (tempo fechado)

O mês de abril, em São Luís, foi marcado por fortes chuvas. Segundo o Laboratório de Meteorologia da Uema (LabMet), até as 12h desta terça-feira, 28, já havia chovido 548,6 milímetros na capital. A média esperada para todo o mês era de 476 milímetros, o que corresponde a um aumento de 15,5%. De janeiro de 2020 até agora, foi registrado um volume de 2116,8 milímetros de chuvas, ou seja, 92,4% da média climatológica anual, que é de 2290 milímetros.

Na última segunda-feira, uma forte chuva atingiu a cidade durante todo o dia, em alguns momentos mais fortes e outros com pancadas mais leves. Mas foi durante à noite que a tempestade mais forte foi registrada, inclusive acompanhada de raios. Das 9h à 00h, foi registrado um volume de 22,6 milímetros. Essas descargas elétricas que vêm acompanhando as fortes chuvas do mesmo de abril precisam ser consideradas e servem como alerta para alguns cuidados que precisam ser tomados.

Perigos

As descargas atmosféricas podem cair diretamente na rede elétrica e, apesar das proteções existentes, podem causar queima de equipamentos ou rompimento de cabos. “Evite andar por locais alagados, pois além do risco elétrico, devido a fiações rompidas, você pode cair em buracos ou bueiros abertos”, aconselha a Equatorial Maranhão.

Sempre que a chuva for acompanhada por raios, o ideal é que os equipamentos eletroeletrônicos, como televisores, aparelhos de som, computador e outros sejam desconectados das tomadas. É importante ressaltar que, para isso, é importante lembrar-se de utilizar calçados com solado de borracha, que aumentam a segurança no momento da desconexão do equipamento da fonte de energia. A Equatorial também recomenda que em caso de queda das antenas da residência sobre ou próximo à rede de energia, é importante não tentar segurá-la ou recuperá-la. “Para instalar, desligar ou remover antenas, deve-se aguardar o tempo aberto, sem riscos de descargas atmosféricas e verificar a proximidade com a rede”, completou.

Cuidados

O Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBMMA) informou que para evitar acidentes relacionados a descargas elétricas é preciso ficar alerta quando se estiver fora de casa. Assim que se observar sinais de possíveis descargas, procurar abrigo imediatamente é a melhor coisa a se fazer. “Nunca permaneça embaixo de árvores, estruturas metálicas ou rede elétrica, em locais descampados, sem a possibilidade de buscar abrigo próximo. Mantenha-se agachado e com os pés bem juntos”, reforçou o coronel Célio Roberto. l

Em casa, também é preciso ficar atento e verificar periodicamente as instalações elétricas e evitando ligações clandestinas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.