Infraero

Aeroporto de Imperatriz encerrou 2019 com movimentação em alta

Foram 338.623 viajantes em 2019, número 18,6% maior que o aferido no ano de 2018

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h21
Localizado a cinco quilômetros do Centro, o Aeroporto e Imperatriz tem capacidade para receber até 2,1 milhões de passageiros por ano
Localizado a cinco quilômetros do Centro, o Aeroporto e Imperatriz tem capacidade para receber até 2,1 milhões de passageiros por ano (aeroporto de imperatriz)

Imperatriz - O Aeroporto de Imperatriz Prefeito Renato Moreira registrou alta na movimentação de passageiros. Foram 338.623 viajantes em 2019, número 18,6% maior que o aferido em 2018, que teve 285.370 embarques e desembarques realizados. Já o fluxo de aeronaves cresceu 4,4%, com 5.077 operações de pousos e decolagens, contra os 4.862 voos comerciais computados no ano anterior.

Para o superintendente do terminal, Manoel de Brito, os dados refletem a vocação turística da região, já que a localização do Aeroporto de Imperatriz é favorável para atender também a destinos próximos, como o Parque Nacional da Chapada das Mesas, em Carolina”, pontuou.

O gestor acrescenta ainda que a expectativa para este ano também é de crescimento. “Estamos sempre em busca de novos voos, a fim de aumentar a conectividade de Imperatriz por meio do transporte aéreo. Em fevereiro, a Azul aumentará o número de frequências para São Luís, que passarão a ser diárias. Já a Latam, a partir de 29 de março, vai ampliar de 7 para 14 as rotas semanais entre Imperatriz-Guarulhos”, destacou.

Localizado a cinco quilômetros do centro, o aeroporto maranhense tem capacidade para receber até 2,1 milhões de passageiros por ano. Operam regularmente no terminal quatro voos de duas companhias aéreas: Azul e Latam. As rotas interligam Imperatriz a destinos, como Brasília (DF), Fortaleza (CE), São Luís (MA), Recife (PE) e Guarulhos (SP), além de conexões.

Rede Infraero
Entre 2018 e 2019, o fluxo de passageiros permaneceu estável nos 54 aeroportos que compunham a rede Infraero até dezembro. Ao todo, passaram pelos terminais da empresa 83,9 milhões de viajantes, ante os 84,1 milhões de 2018, o que representa uma queda de 0,2%.

De acordo com o presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros, a estabilidade no número de passageiros que passaram pelos aeroportos da empresa demonstra a resiliência da economia brasileira e a importância da consolidação de políticas públicas para o setor.

“No ano passado, problemas, como a falência de uma importante companhia aérea brasileira, impactaram na oferta de voos. Por outro lado, uma série de medidas, como a abertura de 100% capital estrangeiro para aéreas, redução do ICMS do querosene de aviação, e até melhorias na infraestrutura dos aeroportos, diminuíram tais reflexos”, avaliou Paes de Barros. l

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.