Cerco

Treze criminosos presos durante a operação Malta na cidade de Carolina

Os detidos são acusados de diversos crimes como roubo, estupro, latrocínio, tortura

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h22
Policiais durante fiscalização na operação Malta, na cidade de Carolina
Policiais durante fiscalização na operação Malta, na cidade de Carolina (operação Malta Carolina)

Treze pessoas presas e apreensão de maconha, munições de calibres diversos, armas de fogo, motocicletas e celulares. Este foi o resultado da operação Malta realizada na quinta-feira, 14, na cidade de Carolina, no sul do Maranhão.

O cerco foi realizado pela Polícia Civil tendo apoio de militares. Segundo a polícia, um total de dez pessoas foram presas em cumprimento de ordem judicial, enquanto, as outras detenções foram em flagrante delito. Os crimes praticados pelos investigados são de tentativa de latrocínio, tortura, estupro de vulnerável, roubo, porte ilegal de arma de fogo, furto qualificado, receptação e outros.

Os presos foram identificados como Constantino Campelo do Nascimento, de 74 anos; Brenda Ferreira Noronha, de 20 anos; Romário Ferreira da Silva, de 23 anos; Adailton de Holanda da Silva, de 29 anos; Haroldo da Conceição Noleto Miranda, de 22 anos; José de Ribamar Peres Damasceno Neves, Zequinha, de 52 anos; Duyllio Cardoso Rocha, de 25 anos; Clésio Sousa da Silva, de 20 anos; Gabriel da Silva Pereira de Sousa, de 23 anos; Hilário Cardoso dos Santos, 20 anos; Celso André Fernandes Duarte, idade não revelada; Ailton Oliveira da Silva, de 22 anos.

A polícia também deu cumprimento a ordem de busca e apreensão. Em um dos pontos vistoriados foram apreendidos 250 munições de calibres diversos e uma espingarda. Nos outros locais, foram apreendidos vários celulares e três motocicletas. O material e os detidos foram levados para Delegacia Regional de Balsas. O nome da operação faz referência à reputação obscura dos investigados, de vida airada, representando ainda a nocividade dos seus atos criminosos ao pacífico convívio social.

Desmanche

Policiais militares desarticularam ontem um ponto de desmanche de veículo roubado, localizado no bairro Pedro Ceará, na cidade de Timon. De acordo com a polícia, no momento da abordagem, os criminosos conseguiram fugir e no local foram apreendidos treze motocicletas. Entre os veículos, havia sete com registro de roubo e quatro apresentando chassi adulterado. A Polícia Civil está investigando o caso.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.