História viva

Bairro Desterro é cenário de mais um "Descobrindo a Cidade a Pé"

Projeto do Sesc configura-se como um convite a conhecer, descobrir e ressignificar espaços urbanos da cidade de São Luís, levando os participantes a enxergar as diferentes nuances de um mesmo caminho

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h22

[e-s001]São Luís é um imenso museu, com história em cada canto, cada rua, esquina e bairro. Entre os bairros tradicionais está o Desterro, um dos 11 que compõem o Centro Histórico, palco dos primeiros momentos da ocupação portuguesa na capital. Caminhando por suas vielas, é possível encontrar facilmente os traços coloniais que perduram até hoje. Como forma de contemplar esse cenário, o Sesc realiza mais uma edição do projeto “Descobrindo a Cidade a Pé”, com o tema “Desterro: Becos, Ladeiras e Mistérios”, um passeio que acontece neste sábado (26), com roteiro iniciando às 16h, no Convento das Mercês, na Rua da Palma.

Para participar do passeio, é preciso realizar inscrição prévia até o dia 25, das 8h às 12h e 14h às 18h, na Recepção do Núcleo de Esportes do Sesc Deodoro, mediante a doação de um quilo de alimento não perecível, que será destinado ao Programa Mesa Brasil Sesc. O interessado deve preencher e assinar a ficha de inscrição, após a apresentação dos documentos pessoais (RG e CPF), contemplando cessão de direito de imagem e termo de responsabilidade. Cada participante receberá uma camiseta com a logomarca do projeto, a ser entregue no dia do evento.

História
A caminhada lúdica contemplativa segue por um dos mais antigos locais da cidade segue até a Igreja de São José do Desterro, construída no início do século XVII, mesmo local onde os colonizadores ergueram a primeira igreja de São Luís, em homenagem à Nossa Senhora do Desterro.

Contemplando um dos principais conjuntos arquitetônicos do Brasil dos séculos XVIII e XIX, tombado pela Unesco como patrimônio histórico da humanidade, o grupo vai conhecer a história da praça do Pescador, depois o Museu da Memória Audiovisual do Maranhão, encerrando o passeio na sede da Escola Flor do Samba.

O Projeto “Descobrindo a Cidade a Pé” configura-se como um convite a conhecer, descobrir e ressignificar espaços urbanos da cidade. A ideia é despertar nos cidadãos outra forma de olhar a localidade, levando-os a enxergar as diferentes nuances de um mesmo caminho. A possibilidade de contemplar aspectos, belezas e significados em locais que às vezes mesmo passando frequentemente, não se nota em decorrência da agitação do cotidiano.

[e-s001]“Caminhar pelas ruas dos centros das cidades pode virar uma arte, se adotarmos uma postura diferente com relação à nossa própria maneira de ver, de conhecer e de viver a cidade. Uma simples caminhada pelas ruas pode render descobertas incríveis se estivermos atentos a detalhes muitas vezes imperceptíveis ao primeiro olhar”, explica o responsável pelo projeto, Júnior Marks.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.