Esporte | Bastidores

"Luxa caiu do Real após tirar a bebida das concentrações", disse Roberto Carlos

Segundo o ex-jogador, Luxa ainda fora alertado por ele e Ronaldo para não tomar a medida, o que não aconteceu
09/10/2019 às 15h46
"Luxa caiu do Real após tirar a bebida das concentrações", disse Roberto CarlosDivulgação

O ex-lateral Roberto Carlos disse, em entrevista a um canal português, que o técnico Vanderlei Luxemburgo deixou o Real Madrid por ter cortado a bebida dos jogadores nas concentrações. Segundo o ex-jogador, Luxa ainda fora alertado por ele e Ronaldo para não tomar a medida, o que não aconteceu.

Roberto Carlos explicou em detalhes o que aconteceu. "O Vanderlei Luxemburgo ficou seis meses no Real Madrid. No segundo jogo da Liga, tínhamos o costume de chegar na concentração, deixar as malas no quarto e, antes do jantar, tomar nossa cervejinha e nosso vinho. E sempre em cima da mesa tinha o vinho, duas garrafas em cada mesa. Eu e o Ronaldo chegamos no professor e falamos: Temos uns costumes aqui e você vai ver, mas tenta não mudar. Não tira o vinho da mesa e os 20 minutos da cerveja antes do jantar porque senão vai ter problema", disse. "Aí o que ele fez? Tirou primeiro a cerveja e depois as garrafas de vinho. Demorou três meses porque o mundo do futebol é pequeno, as notícias chegaram na diretoria e tchau", disse.

Luxemburgo refuta a tese e disse historicamente que o verdadeiro motivo de sua saída do time merengue foi uma desavença com o presidente do clube, Florentino Perez. O técnico brasileiro, que teve início promissor na empreitada internacional, caiu após deixar estrelas como Zidane, por exemplo, de lado em partidas importantes da Liga dos Campeões.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte