Alternativo | Sétima Arte

Cinema nacional é opção de lazer na capital neste domingo (15)

Produções estão em cartaz esta semana e podem ser vistas em diversas salas e horários
15/09/2019 às 07h00
Cena do filme "Bacurau"

São Luís - Quem curte cinema nacional tem algumas opções esta semana nas salas de exibição em São Luís. Estão em cartaz nas telonas locais “Bacurau”, “Vai Que Cola 2 – O Começo” “Nada a Perder 2” e “Divaldo - O Mensageiro da Paz”. Veja abaixo horários e locais das sessões das produções.

O premiado “Bacurau”, coescrito e codirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, antes mesmo de sua estreia conquistou três prêmios importantes no 23º Festival de Cine de Lima, no Peru: Melhor Filme, Melhor Direção (para Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles) e Prêmio da Crítica Internacional. A produção também conquistou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes e o prêmio de Melhor Filme na principal mostra do Festival de Cinema de Munique. O filme também também foi selecionado para o Festival de Toronto (TIFF 2019) e foi escolhido para representar o Brasil nos prêmios Goya, o equivalente ao Oscar na Espanha, concorrendo a uma vaga na disputa pelo prêmio de melhor filme ibero-americano.

Na trama, o pequeno povoado de Bacurau some do mapa misteriosamente e seus moradores começam a presenciar estranhos acontecimentos e uma série de assassinatos inexplicáveis. O elenco principal é composto por Sonia Braga, Udo Kier, Karine Teles, Barbara Colen, Silvero Pereira, Thomas Aquino, Antonio Saboia, entre outros.

“Bacurau” é a segunda coprodução Brasil-França, com a CinemaScopio do Recife (“O Som ao Redor”, “Aquarius”) e a SBS em Paris (“Synonymes”, de Navad Lapid, vencedor do urso de ouro em Berlim, “Elle”, de Paul Verhoeven, “Mapas Para as Estrelas”, de David Cronenberg). “Bacurau” também é uma coprodução com a Globo Filmes, Simio Filmes, Arte France Cinema, Telecine e Canal Brasil.

Vai que cola 2

Cena do filme "Vai que Cola 2"

Segundo filme resultado da sitcom exibida pelo canal de TV por assinatura, “Vai que Cola 2- O Começo” explica a origem da história. Muito antes de socializarem quase todos os dias na pensão da Dona Jô (Catarina Abdala), Jéssica (Samantha Schmütz), Ferdinando (Marcus Majella), Máicol (Emiliano D'Ávila) sequer se conheciam. Mas Terezinha (Cacau Protásio) decide organizar uma grande feijoada no Morro do Cerol, todos eles se encontram pela primeira vez, da maneira mais inusitada possível. O longa, dirigido por César Rodrigues, traz uma proposta leve e bem-humorada para retratar um cotidiano despretensioso no subúrbio carioca.

Divaldo

Cena do filme "Divaldo - O mensageiro da paz"

Convivendo com a mediunidade desde os quatro anos, Divaldo (Bruno Garcia) era rejeitado pelas outras crianças e reprimido pelo pai (Caco Monteiro). Ao completar 17 anos, o jovem decide usar seu dom para ajudar as pessoas e se muda para Salvador, com o apoio da mãe (Laila Garin). Sob a orientação de sua guia espiritual, Joanna de Ângelis (Regiane Alves), ele se torna um dos médiuns mais importantes de todos os tempos.

Na produção, Clovis Mello, diretor e roteirista do filme, apresenta a cinebiografia clássica do médium baiano Divaldo Franco, que tem sua vida dividida em três momentos, cada qual interpretado por um ator diferente. A narrativa acompanha de forma bem didática seu processo de evolução pessoal dentro da doutrina espírita, aprendendo aos poucos a lidar com a capacidade em falar com os mortos.

Nada a perder 2

Cena do filme "Nada a Perder 2"

Este é o segundo e último filme baseado na série de livros escrita pelo jornalista Douglas Tavolaro sobre a vida de Edir Macedo. Enquanto o primeiro mostrava a busca espiritual de Macedo, desde a infância, até o surgimento da Igreja Universal do Reino de Deus, essa continuação foca no crescimento da Universal pelo mundo e, principalmente, nos casos mais polêmicos envolvendo denúncias e ataques ao bispo e à igreja que ele ajudou a fundar. Mostra ainda que, após deixar a prisão, em 1992, Edir Macedo (Petrônio Gontijo) lidera a Igreja Universal do Reino de Deus em busca de seu maior sonho: a construção do Templo de Salomão, réplica do local homônimo citado na Bíblia, localizado em São Paulo.

Sessões

Divaldo, o mensageiro da paz

No CENTERPLEX (Pátio Norte). Sala 1. Sessões. 14H30 e 17h. Sala 6. Sessões. 19H e 21h30.No CINESYSTEM SÃO LUÍS (Rio Anil Shopping). Sala 3. Sessões. 14H (sábado e domingo),, 16h30, 19h e 21h30. No CINEPOLIS (São Luís Shopping). Sala 9. Sessões. 14H10, 16h40, 19h30 e 22h05. No UCI KINOPLEX (Shopping da Ilha). Sala 8. Sessões. 13H30, 16h05, 18h40 e 21h15. No KINOPLEX (Golden Shopping). Sala 1. Sessões. 15H20. Sala 2. Sessões. 19h. Sala 3. Sessões. 21H

Vai que cola 2- O começo

No CENTERPLEX (Pátio Norte). Sala 2. Sessões. 15H30, 17h45, 19h45 e 21h45. No CINESYSTEM SÃO LUÍS (Rio Anil Shopping). Sala 4. Sessões. 13H30 (sábado e domingo), 15h25, 17h20 e 19h20. CINESYSTEM IMPERATRIZ Sala 3. Sessões. 13H10 (sábado e domingo), 15h30, 17h40 e 20h. No CINEPOLIS (São Luís Shopping). Sala 1. Sessões. 14H20, 17h, 19h10 e 21h40. Sala 6. Sessões. 13H55, 16h, 18h10, 20h10 e 22h10. No UCI KINOPLEX (Shopping da Ilha). Sala 1. Sessões. 13H10, 15h25, 17h40, 20h e 22h15. Sala 5. Sessões. 14H15, 16h45, 19h15 e 21h35. No KINOPLEX (Golden Shopping). Sala 2. 15h (exceto sábado e domingo), 17hh e 21h30. Sala 3. Sessões. 19H

Bacurau

CINESYSTEM IMPERATRIZ. Sala 3. Sessões. 21H20. No UCI KINOPLEX (Shopping da Ilha). Sala 6. Sessões. 19H30. No KINOPLEX (Golden Shopping). Sala 4. Sessões . 21H30


Nada a perder 2

No CINESYSTEM SÃO LUÍS (Rio Anil Shopping). Sala 2. Sessões. 13H45 (sábado e domingo). No CINEPOLIS (São Luís Shopping). Sala 4. Sessões. 15H10 e 17h40. No UCI KINOPLEX (Shopping da Ilha). Sala 6. Sessões. 15H10 e 17h20

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte