Economia | ANP

Primeiro leilão realizado pela ANP no ano teve 33 blocos arrematados

Bônus total arrecadado com os blocos exploratórios foi de R$ 15,32 mi, com ágio médio de 61,48%. A previsão de investimentos é de R$ 309,8 milhões
11/09/2019

Rio de Janeiro - O primeiro leilão da Oferta Permanente, realizado ontem (10), pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), terminou com 33 blocos arrematados nas bacias Sergipe-Alagoas, Parnaíba, Potiguar e Recôncavo, e mais 12 áreas com acumulações marginais, nas bacias Potiguar, Sergipe-Alagoas, Recôncavo e Espírito Santo.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte