Polícia | Mortes

IML registrou grande movimento durante o fim de semana na Ilha

Cinco corpos foram autopsiados e um deles de uma adolescente, de 16 anos. Segundo a polícia, ela teria cometido um assalto e veio a falecer durante um acidente de trânsito, na rotatória do Bacanga
08/07/2019
 IML registrou grande movimento  durante o fim de semana na IlhaMoto em que se encontrava adolescente que teria praticado assalto (Divulgação)

SÃO LUÍS - Cinco corpos deram entrada no Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga, desde o último sábado,6, até o começo da tarde de ontem, 7. Um deles foi de uma adolescente, de 16 anos. Segundo a polícia, a menor de idade foi vítima de acidente de trânsito, nas proximidades da rotatória do Bacanga, durante madrugada de ontem,7, e, anteriormente, teria participado de um assalto a uma residência no Anjo da Guarda em companhia de mais três bandidos.

O delegado Felipe César, da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP), disse, durante entrevista a Mirante AM , que a adolescente e os criminosos são suspeitos de invadir a casa de Pablo Silva Lima, idade não revelada. No local, eles teriam feito um arrastão. Os assaltantes teriam apontado arma de fogo na cabeça das vítimas e ameaçando efetuar tiros.

De posse do produto do roubo, os criminosos fugiram em duas motocicletas, de marca e placa não identificadas. Ainda de acordo com o delegado, Pablo Silva, que estava em veículo, perseguiu os bandidos. Nas proximidades da rotatória do Bacanga, ele colidiu na moto em que estava Rania Brenda e João Francisco Moraes, idade não revelada.

Devido ao choque intenso, a adolescente e João Francisco sofreram várias escoriações pelo corpo. Os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e constataram a morte da menor, enquanto, o outro ferido foi levado para o Hospital Municipal Socorrão I, no Centro.

Os peritos do Instituto de Criminalística (Icrim) também estiveram no local do acidente. O corpo da adolescente foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga, para ser autopsiado e o resultado vai ser encaminhado para a Polícia Civil. O delegado informou que Pablo Silva foi ouvido na SHPP, na Beira-Mar, e será investigado se teve ou não intenção de matar a vítima.

Outros corpos

No sábado, 6, deu entrada no IML o corpo de Carlos Daniel Souza Costa, de 19 anos. A polícia informou que ele teria sofrido um acidente na Ilha e levado para o Socorrão I, onde passou por tratamento cirúrgico, mas veio a falecer. O caso será investigado pela equipe da Delegacia de Acidente de Trânsito (DAT), no Centro.

Também nesse dia, deu entrada o corpo de Leandro de Jesus Braga, de 31 anos. Segundo a polícia, o corpo dele foi proveniente da Vila Industrial e aguarda resultado de exames periciais para identificar a causa morte.

Os outros dois corpos foram identificados como Ademar Ferreira Peixoto, de 68 anos; e Wellisson Ferreira Mendes, de 30 anos, ambos vítimas de arma de fogo. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil e até o começo da noite de ontem não tinha registro de prisão.

Atropelamento

O idoso Martins da Conceição Silva, de 70 anos, foi atropelado e morto por um veículo Ônix preto, de placas não identificadas, na Vila Lobão, no último sábado, 6, na cidade de Imperatriz. Segundo a polícia, a vítima foi atropelada quando estava empurrando um carrinho de mão e colhia latinhas secas de cerveja.

Os socorristas do Samu estiveram no local e constataram a morte da vítima e o corpo foi removido para o IML da cidade. O condutor do Ônix, nome não revelado, prestou socorro a vítima e foi apresentado na Central de Flagrante de Imperatriz, onde tomaram as devidas providências.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte