Esporte | Mais paz!

"Mais leve" após vaga, Flamengo mira evolução e dirigente garante Abel no cargo

Delegação rubro-negra chegou de volta ao Brasil ciente de que um objetivo foi cumprido, mas que ainda falta muito a conquistar nesta temporada
Estadão Conteúdo09/05/2019 às 15h05
"Mais leve" após vaga, Flamengo mira evolução e dirigente garante Abel no cargoAbel e o ex-jogador do Flamengo Leandro, que acompanhou a equipe no Uruguai (Alexandre Vidal / Flamengo)

Rio - O time do Flamengo desembarcou na manhã deste domingo no Rio após a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores garantida com um empate sem gols com o Peñarol, na noite de quinta-feira, em Montevidéu. "Mais leve" com a vaga obtida no Uruguai, a delegação rubro-negra chegou de volta ao Brasil ciente de que um objetivo foi cumprido, mas que ainda falta muito a conquistar nesta temporada.

"Todos estão muito felizes e satisfeitos com o objetivo alcançado. Uma missão difícil, mas estávamos confiantes de que conseguiríamos a classificação. Lições, obviamente temos que fazer um balanço do que aconteceu, mas depois das dificuldades que enfrentamos, com duas equipes na altitude, o balanço, independentemente de resultado, é positivo até agora. É melhorar para chegar ainda mais forte na próxima fase", disse o meia Diego durante o desembarque desta quinta.

Com o dever cumprido na Libertadores, o Flamengo volta as atenções para as competições domésticas. Neste domingo tem pela frente a Chapecoense, às 11 horas, no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, e na próxima quarta-feira faz o primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Corinthians, em São Paulo.

"O time fez um grande esforço para conseguir a classificação pelas dificuldades que passamos no jogo contra a LDU no Equador e contra eles (Peñarol), um ambiente difícil para a gente. Soubemos criar chances, infelizmente não completamos. Nos comportamos muito bem na parte defensiva e não sofremos muito No fim, trazemos uma classificação merecida para o Rio", afirmou o volante colombiano Cuellar na chegada ao Rio.

Reservas no Brasileiro

Contra a equipe catarinense no domingo, o técnico Abel Braga indicou que utilizará uma escalação alternativa. E, após especulações sobre sua saída, ele está mantido no cargo, pelo menos de acordo com o vice de futebol do clube carioca, Marcos Braz. "Ele é técnico do Flamengo desde janeiro. Está contratado e a gente vai seguir dentro do nosso tempo e dentro do nosso planejamento", declarou.

O dirigente também revelou que o lateral-direito Rafinha, atualmente no Bayern de Munique, poderá se tornar um dos reforços do Flamengo em breve. "O Rafinha está muito bem encaminhado. Se ele voltar para o Brasil, dificilmente não será para o Flamengo. Agora ele precisa decidir algumas coisas em relação à vida pessoal. Isso vamos respeitar e esperar o tempo adequado", completou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte