Polícia | Milícia

Polícia investiga ação de grupo de milicianos na área do São Raimundo

Os crimes estariam sendo chefiado por um ex-auxiliar temporário penitenciário; moradores do Minha Casa, Minha Vida são obrigados a pagar taxas R$ 50,00 a R$ 30,00
Ismael Araújo17/04/2019

SÃO LUÍS - A polícia ainda ontem estava investigando crimes de milícia e extorsão praticados por um bando criminoso em um condomínio residencial do programa Minha Casa, Minha Vida, no Cruzeiro de Santa Bárbara, área do Conjunto São Raimundo. Essa quadrilha seria chefiada por um ex-auxiliar penitenciário temporário, Lourimar de Jesus Sousa Santos, de 40 anos. Existe a possibilidade de haver outros auxiliares do sistema prisional envolvidos nesse esquema criminal. Os moradores estão sendo obrigados a pagar vários tipos de taxas para terem acesso a essa localidade. O valor varia de R$ 30 a R$ 50.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte