Polícia | "Impulso"

Mãe depõe e diz estar arrependida de abandonar filho na Cidade Operária

Ela, que já tem dois filhos que moram com a avó materna no município de Anajatuba, se diz arrependia e pretende reaver a guarda da criança
Ismael Araújo09/04/2019

SÃO LUÍS - A mãe do bebê abandonado na Cidade Operária, Liziane Castelo Branco, de 31 anos, compareceu ontem na Delegacia Especial da Cidade Operária (Decop) e foi ouvida pela delegada Ivy Cutrim e representantes do Ministério Público como também da Comissão da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil da Seccional do Maranhão (OAB/MA). O recém-nascido foi encontrado em via pública, na Rua 5 da Unidade 103 no dia 3 deste mês dentro de uma bolsa preta por moradores do bairro.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte