Esporte | Eliminatórias para Euro

R7 sai machucado de campo e Portugal só empata com Sérvia

Resultado de 1 a 1 não era o esperado pela torcida, mas ficou ainda pior por causa da lesão sofrida por Cristiano Ronaldo
Estadão Conteúdo25/03/2019 às 19h45
R7 sai machucado de campo e Portugal só empata com Sérvia Cristiano Ronaldo saiu com um problema na coxa (Divulgação/UEFA)

Londres - Portugal recebeu a Sérvia nesta segunda-feira, em Lisboa, e somou o seu segundo empate neste início de Eliminatórias para a Eurocopa de 2020. O resultado de 1 a 1 não era o esperado pela torcida, mas ficou ainda pior por causa da lesão sofrida por Cristiano Ronaldo, que precisou ser substituído ainda no primeiro tempo com um problema na coxa.

Os resultados deixam a Ucrânia na liderança do Grupo B com quatro pontos, após bater por 2 a 1 Luxemburgo, que aparece em segundo, com três. Portugal é apenas o terceiro, com dois, enquanto que a Sérvia tem um e a Lituânia, nenhum. Estes últimos dois, no entanto, atuaram apenas uma vez até o momento.

Mesmo na casa do adversário, a Sérvia se lançou ao ataque nesta segunda-feira e chegou ao primeiro gol. Aos seis minutos, Gacinovic recebeu na área e tentou tirar do goleiro Rui Patrício, com quem trombou. O árbitro considerou pênalti, que Tadic cobrou com muita categoria para marcar.

Não demorou para que Portugal respondesse e passasse a dominar a partida, quase sempre com Cristiano Ronaldo. Aos oito minutos, ele obrigou Dmitrovic a fazer boa defesa. Pouco depois, chutou em cima do goleiro. Dmitrovic ainda apareceu bem novamente ao espalmar bela finalização de Rafa Silva.

Quando o time da casa era todo ataque, sofreu um duro baque. Aos 27 minutos, Rafa Silva arrancou e tocou para Cristiano Ronaldo, que sentiu a coxa na corrida. Imediatamente, o craque sinalizou pedindo a substituição e deixou o gramado para a entrada de Pizzi.

Sem Cristiano Ronaldo, o ritmo português diminuiu, mas o empate veio ainda na primeira etapa, em lance de muita felicidade de Danilo Pereira. O volante arrancou do meio de campo e arriscou de longe. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar.

Segundo tempo

Na etapa final, a Sérvia conseguiu controlar um pouco mais o ímpeto do adversário, mas só segurou o resultado graças a um erro crasso da arbitragem. Aos 28 minutos, André Silva recebeu cruzamento na área e cabeceou. A bola tocou no braço de Rukavina e o juiz assinalou pênalti, mas voltou atrás após consultar um dos auxiliares, que assinalou impedimento inexistente.

A pressão cresceu e Portugal chegou a perder chance praticamente sem goleiro, em bate-rebate que rodou pelos pés de Bernardo Silva, André Silva e William Carvalho. Mas ficou nisso, e o time da casa viu de novo escapar pelas mãos a chance da primeira vitória nas Eliminatórias.

INGLATERRA - A seleção da Inglaterra está imbatível e irresistível no começo de sua campanha pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2020. Depois de aplicar um 5 a 0 na estreia contra a República Checa, em Londres, na última sexta-feira, o rival desta segunda foi Montenegro e, mesmo jogando fora de casa, em Podgorica, mais uma goleada: 5 a 1, pela segunda rodada do Grupo A.

Com seis pontos, a Inglaterra disparou na liderança da chave, pois foi ajudado pelos outros resultados até agora. Na última sexta-feira, Bulgária e Montenegro empataram por 1 a 1, em Sófia Nesta segunda, os búlgaros viajaram até o Kosovo e mais uma vez ficaram na igualdade pelo mesmo placar. Assim, estão em segundo lugar com dois pontos, contra um dos kosovares e dos montenegrinos. A República Checa, que nesta terça encara o Brasil em amistoso, é a lanterna sem pontuar.

Com o que tem de melhor à disposição, o técnico Gareth Southgate colocou seu time no ataque, mas foi surpreendido com o gol de Montenegro aos 17 minutos de jogo, marcado pelo meia Marko Vesovic. Mostrando paciência, os ingleses conseguiram a virada ainda antes do intervalo com Michael Keane, aos 30, e com Ross Barkley, aos 39.

Na segunda etapa, a seleção inglesa jogou com inteligência, se aproveitando dos espaços criados pela equipe local, e obteve a goleada no placar. Ross Barkley marcou mais uma vez, aos 14 minutos, e viu o centroavante Harry Kane e o atacante Raheem Sterling balançarem as redes.

Nas finais da Liga das Nações, que serão disputadas em junho, a Inglaterra só volta a jogar pelas Eliminatórias da Eurocopa em setembro. Nos dias 7 e 10 enfrentará Bulgária e Kosovo, respectivamente, no estádio de Wembley, em Londres.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte