Alternativo | Da dupla Criolina

Bloco Bota pra Moer traz Moraes Moreira para Carnaval de SL

Atração desfilará na Beira-Mar na segunda-feira de Carnval, mas antes faz ensaio geral dia 23 na praça Manoel Beckman, no Centro
16/02/2019 às 12h00
Bloco Bota pra Moer traz Moraes Moreira para Carnaval de SLAlê Muniz e Luciana Simões comandam o Bota pra Moer (Divulgação/Laila Razzo)

SÃO LUÍS - O bloco Bota pra Moer, da dupla formada por Alê Muniz e Luciana Simões, este ano traz Moraes Moreira como convidado para o Carnaval de São Luís. A agremiação se apresenta na segunda-feira de Carnaval, 4, no circuito da Beira-Mar, a partir das 16h. Antes, afina o repertório em ensaio aberto na praça Manoel Beckman, sábado, 23, às 17h.

Para 2019, Alê Muniz e Luciana Simões escreveram em parceria com o poeta Celso Borges duas canções para o período da folia: “Ponta d'Areia” e “Demorô Moraes”, este último uma homenagem ao baiano Moraes Moreira, principal atração deste ano. As duas músicas, além do frevo “Bota pra moer”, sucesso do ano passado, estão no repertório do bloco, que terá ainda clássicos do carnaval brasileiro e releituras de canções do próprio Moraes Moreira, Jorge Benjor, Sérgio Sampaio, Beth Carvalho, Caetano Veloso e Zé Ramalho, entre outros.

A ligação do Criolina com a folia vem de muitos anos. Atuaram em parceria com o músico Mano Borges, realizaram Baile de Máscaras e emplacaram diversas marchinhas em concursos regionais e nacionais. Eles também produziram o disco da Banda Bandida, fenômeno independente do Carnaval de rua de São Luís.
O nome do bloco é uma homenagem à memória de Bota pra Moer, personagem da cidade que marcou os anos 50 e 60 – mistura de louco e gênio que fez história no imaginário popular. “O espírito é o mesmo do ano passado. Vamos levar pra rua a mensagem de que é preciso estar atento e forte, que a alegria é revolucionária. Esse personagem nos inspira a resistir e a ocupar as ruas”, afirma Alê Muniz.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte