Geral | Segurança

Governo vai fiscalizar 3,3 mil barragens com alto risco

Segundo o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, diretriz é para realizar a fiscalização “o mais rápido possível”; até o final da tarde de ontem, número de mortos chega a 84
30/01/2019

BRASÍLIA - Das mais de 20 mil barragens existentes no país, o governo decidiu priorizar o mapeamento de 3.386 empreendimentos que foram classificados, de acordo com últimos relatórios do setor, com “dano potencial associado alto” ou “risco alto”. A informação foi confirmada pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, após reunião do primeiro escalão do governo Jair Bolsonaro na manhã de ontem (29). Até o final da tarde de ontem, número de mortos na tragédia de Brumadinho ( MG) chega a 84 e 276 desaparecidos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte