Coluna do Sarney

Dia de Reis e El Bosco

José Sarney05/01/2019

As festas do Natal, na minha infância, acabavam de fato no Dia de Reis, 6 de janeiro, com a queimação das palhinhas - que começava com uma ladainha e seguia com o ritual de jogar as palhas no fogareiro. Continuo ouvindo seus sons, que me parecem hoje, com meus ouvidos nostálgicos dos anos, como se fossem cantigas de anjos: “Vamos queimar as palhinhas…”, e a despedida - “ATÉ PARA O ANO / SE DEUS QUISER…”

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.