Esporte | Seleção

Tite assume risco de demissão e vê Copa América como obrigação

Técnico tem trabalhado para reconstruir o plantel, que passa por uma fase de transição, já não contando com parte dos jogadores que estava no mundial
04/11/2018 às 00h00

SÃO PAULO - Após a eliminação na Copa do Mundo da Rússia, um novo ciclo se iniciou na Seleção Brasileira. O técnico Tite tem trabalhado para reconstruir o plantel, que passa por uma fase de transição, já não contando com parte dos jogadores que fizeram parte do projeto para o Mundial deste ano. E as mudanças não são apenas relacionadas às peças, mas também ao jeito de jogar. O comandante tem testado algumas variações táticas, já pensando na disputa da Copa América em 2019.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.