Cidades | DESPERDÍCIO

Vazamento: água limpa escoa em vias do Monte Castelo

Situação acontece há mais de dois meses; moradores solicitaram serviços da Caema, mas nada foi feito
MONALISA BENAVENUTO / O ESTADO01/08/2018

SÃO LUÍS - Vazamento de água limpa em pelo menos três ruas do bairro Monte Castelo há mais de dois meses, indigna população. A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) foi acionada por moradores da área, mas o problema não foi solucionado.

Falta água nas torneiras, mas sobra pelas ruas do bairro Monte Castelo. A situação é essa há mais de dois meses na rua Manoel Beckman. O abastecimento hídrico da região acontece a cada dois dias, entre as 15h e as 10h, nesse mesmo água visivelmente límpida escoa pelas ruas. Alguns moradores entraram em contato com a Caema, mas nada foi feito.

“Tem mais de dois meses que vaza água aqui. Eu já liguei duas vezes para a Caema, ontem mesmo liguei porque estava vazando muita água. Eles só dizem que vão mandar uma equipe e na hora não vem ninguém”, relatou a doméstica Tereza Rabelo.

Além do desperdício, a população sofre com outros prejuízos relacionados à situação. “Quando chega, a água é fraca nas residências porque vaza mais na rua”, explicou o autônomo Jocimar Reis.

Outro problema apontado por ele refere-se ao risco de acidentes, já que o vazamento abala a estrutura da camada asfáltica na via. “Quando a água está forte, isso aqui parece um poço. Já aconteceu de motorista passar por aí e se desequilibrar, por isso que eu coloquei essa sinalização”, contou o autônomo.

O Estado constatou que a situação se repete em pelo menos outras áreas do Monte Castelo. Na rua 1º de Janeiro e na Avenida Luís Rocha, os moradores não mais se surpreendem com o problema. Segundo Jocimar Reis, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão já realizou obras de correção no bairro, mas devido à qualidade do serviço, a duração é mínima.

Reis destacou ainda que estava em uma das sedes da Caema para formalizar uma reclamação e foi informado de que uma equipe seria enviada para averiguar o problema, mas lamentou. “Quando a gente vai até lá e faz essa reclamação, é porque a coisa já está pegando”, frisou.

O Estado manteve contato com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão questionando sobre possíveis medidas de correção relacionadas ao vazamento de água no bairro Monte Castelo, mas até o fechamento desta edição, não obteve retorno.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte