Polícia | Investigação

Morte de recém-nascido é investigada em Pinheiro

Familiares acusam Maternidade Infantil de negligência e esta se defende informando que o bebê foi a vítima de asfixia e uma parada cardiorrespiratória
Ismael Araújo29/06/2018

SÃO LUÍS - Mais um recém-nascido morreu na Maternidade Infantil de Pinheiro. Segundo a polícia, dois casos já ocorreram somente este ano naquela casa de saúde. A Secretaria Municipal de Saúde de Pinheiro ainda ontem estava investigando as circunstâncias da morte do filho de uma moradora da cidade de Mirinzal, identificada como Joana Costa de Moraes, de 28 anos, que ocorreu no último dia 25.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte