Cidades | Espaços da cidade

Espaços públicos ficam ociosos à noite, em São Luís

O Estado percorreu áreas que normalmente seriam usadas para a socialização e cujo uso é restrito, em especial após as 18h; Reserva do Itapiracó é área ativa, apesar dos problemas
Thiago Bastos / O Estado09/06/2018

Por definição, espaço público seria aquele “de uso comum” ou de posse coletiva, ou seja, que pode ser usufruído por todos os cidadãos, independentemente da idade, cor e/ou opção religiosa ou sexual. Em São Luís, gestões estaduais e municipais criaram, nos últimos anos, várias áreas que estão enquadradas neste conceito. No entanto, a falta de segurança e a ausência de incentivo da própria da administração da cidade são fatores que levaram a um processo de “desertificação” desses espaços, especialmente após as 18h.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte