Economia | Dívidas em atraso

1,8 milhão de pessoas inadimplentes no MA

Visando à renegociação de dívidas em atraso, a SerasaConsumidor instalará seu caminhão itinerante no Terminal de Integração da Praia Grande, em São Luís, no período de 1º a 4 de maio
27/04/2018

Considerando que o maranhão reúne 1,8 milhão de pessoas inadimplentes, das quais 431,4 mil na capital maranhense, a SerasaConsumidor estará de 1º a 4 de maio com um caminhão itinerante, funcionando das 8h às 18h, no Terminal de Integração de Transporte Coletivo da Praia Grande, com a finalidade de possibilitar ao consumidor o acesso a serviços gratuitos, entre os quais orientações para regularização de pendências financeiras e renegociação de dívidas em atraso, além de educação financeira.
Durante os quatro dias, no veículo adaptado, de 15 metros de comprimento por 2,60 de largura, o cidadão poderá, além de renegociação de dívidas em atraso, fazer autoconsulta de CPF, conhecer sua pontuação de crédito com o SerasaScore, abrir o Cadastro Positivo e efetuar alerta de documentos extraviados. Também é possível emitir o certificado da Serasa Experian no caminhão.
Hoje, os serviços ao consumidor também estão disponíveis gratuitamente no site www.serasaconsumidor.com.br. No entanto, como aproximadamente 50% dos brasileiros não têm acesso qualificado à internet e atualmente cerca de 60 milhões de pessoas estão inadimplentes no país, o SerasaConsumidor vai encarar o desafio de levar informações e serviços apostando em um formato dinâmico e itinerante.
A Ativos S. A., maior Securitizadora do Brasil, com mais de 20 milhões de clientes em carteira, fechou a parceria com o SerasaConsumidor para que seus clientes possam negociar suas dívidas com condições especiais no próprio caminhão. A missão da empresa é auxiliar na regularização das dívidas com vistas à reinserção do consumidor no mercado financeiro. Para saber se a dívida poderá ser negociada, o consumidor tem a possibilidade de consultar no site do SerasaConsumidor e no site da Ativos ou 0800-644-3030.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte