Geral | Oscar do esporte

Troféu Mirante Esporte premia os melhores em 27 modalidades

Solenidade aconteceu no Teatro Arthur Azevedo; 27 modalidades tiveram os melhores atletas reconhecidos; o presidente do Conselho Deliberativo do Grupo Mirante, Fernando Sarney, ressaltou a importância do evento aos desportistas
Thiago Bastos e Gustavo Arruda / O ESTADO26/01/2018
Troféu Mirante Esporte premiou os destaques de 2017.

SÃO LUÍS – Conhecido como o “Oscar do Esporte Maranhense”, o Troféu Mirante Esporte teve a sua 13ª edição realizada na noite de ontem, no Teatro Artur Azevedo, em São Luís. No total, 27 modalidades tiveram atletas reconhecidos por seus méritos em participações em competições locais, nacionais e internacionais no ano passado.

Leia mais

Atleta do ano jogando "com amor", Ulisses vibra com reconhecimento

Datinha se torna o maior vencedor do Troféu Mirante Esporte

Troféu Mirante Esporte: vencedores destacam importância do evento

Surfista de 10 anos rouba a cena no 13º Troféu Mirante Esporte

Ulisses foi eleito o atleta do ano.

A cerimônia contou com a presença de desportistas em geral, representantes de federações e outros convidados. Este ano, mais uma vez, a premiação foi transmitida pela Rádio Mirante AM e pelos portais Imirante.com e Globoesporte.com. Além do melhor atleta em cada modalidade, também foi escolhido o atleta do ano, federação destaque e atleta pelo júri popular. O prêmio foi prestigiado, entre outros convidados, pelo técnico da Seleção Brasileira de Beach Soccer, Gilberto Costa, e por Datinha, maranhense de Tutoia e referência no futebol de areia mundial.

Fernando Sarney, presidente do Conselho Deliberativo do Grupo Mirante.

Entre os premiados da 13ª edição do Troféu Mirante Esporte, destaque para velhos conhecidos do torcedor maranhense. Luis Alberto do Nascimento Braga, o Datinha, conquistou o troféu pela sétima vez e consolidou sua hegemonia como destaque do beach soccer. Melhor atleta na indicação do júri técnico em 2017, Júlia Nina garantiu mais uma vez o prêmio da natação, enquanto Bruno Chaves Lobo, vencedor de dois troféus no triatlo, foi o vencedor do kitesurf pela segunda vez. Vencedores em 2017, Ana Luisa Leite Zecchin, do badminton, e Bartolomeu Feitosa, da sinuca, levantaram o troféu novamente este ano.

A Federação Maranhense de Ciclismo foi escolhida a federação destaque, as empresas Omega Energia, Cemar e São Luís Shopping receberam o Troféu Incentivo ao Esporte, e a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), graças ao trabalho do professor José Henrique de Azevedo (Mangueirão), foi condecorada com a Homenagem Paralímpica. O atleta do ano na votação popular foi Ricardo Cândido Gomes Filho, o Zito, do Jiu-Jitsu, enquanto Ulisses foi escolhido pelo júri técnico.

Premiação
Antes da premiação oficial, o presidente do Conselho Deliberativo do Grupo Mirante, Fernando Sarney, ressaltou a importância do reconhecimento aos desportistas locais.

“O Troféu Mirante é, portanto, o reconhecimento dos maranhenses aos seus atletas mais notáveis. O Grupo Mirante é tão-somente o porta-voz da suprema escolha popular. Esses atletas que estão na disputa já podem se orgulhar de mais um feito, pois todos já estão consagrados pela vontade popular, ou melhor, pela torcida. Aqui não há derrotados. Nem perdedores. E isso é mais uma preciosa lição que nos dá o esporte: uma competição em que ninguém perde”, frisou.
O dirigente também fez questão de mencionar os veículos do Grupo Mirante, responsáveis pela divulgação das principais modalidades esportivas. “O Grupo Mirante é, de longe, quem mais valoriza o esporte e os atletas no Maranhão. Nas rádios, nas televisões, no jornal O Estado e em nossos portais de notícias G1 Maranhão e Imirante.com, na capital ou no interior, nossos bravos atletas têm lugar cativo e de destaque e uma plateia cada vez maior para admirar os seus feitos, pois somos líderes absolutos de audiência em todos os segmentos em que atuamos. Tal liderança se reflete no que fazemos ou patrocinamos”, afirmou.

Contorcionista impressionou a plateia no Teatro Arthur Azevedo.

Premiados
Em seguida, após a execução do Hino Nacional, começou a entrega do prêmio (com a exibição de fotos especiais dos atletas feitas por Ayrton Vale).
A primeira indicação foi na categoria Atletismo. O vencedor foi Walisson Sousa Santos. Depois, foi a vez do Automobilismo, que premiou João Afro. Ele foi, em 2017, quarto colocado no Rally dos Sertões ao lado de Fábio Cadasso. “É importante demais contar com este reconhecimento em nosso estado”, disse. A terceira premiação foi no Badminton, que reconheceu o desempenho de Ana Luísa Leite, campeã do Norte-Nordeste. “Quero agradecer à Deus e aos que votaram em mim”, disse.

Gilberto Costa, técnico da Seleção de Beach Soccer, e Datinha.

No Basquete, venceu Kassius Clay dos Anjos. No Beach Soccer, Datinha foi o premiado. Ele recebeu o troféu do técnico da seleção brasileira de Beach Soccer, Gilberto Costa. “Quero mais uma vez agradecer à Mirante pelo reconhecimento”, disse Datinha.

Os escolhidos
A votação da 13ª edição do Troféu Mirante Esporte foi realizada entre os dias 8 e 22 de janeiro, pela internet. Após a votação popular, os melhores atletas foram escolhidos, em cada modalidade, por um júri técnico formado por jornalistas esportivos.

Fisiculturistas fizeram apresentação antes da premiação da modalidade.

Frase

“O Troféu Mirante é, portanto, o reconhecimento dos maranhenses aos seus atletas mais notáveis. O Grupo Mirante é tão-somente o porta-voz da suprema escolha popular”

Fernando Sarney

Presidente do Conselho Deliberativo do Grupo Mirante

Parceiros da 13ª edição do Troféu Mirante Esporte

Cemar

Ômega Energia

Armazém Paraíba

Confira os vencedores de cada categoria do Troféu Mirante Esporte:

Atletismo: Walisson Sousa Santos

Automobilismo: João Afro

Badminton: Ana Luisa Leite Zecchin

Basquete: Kassius Clay

Beach Soccer: Luís Alberto do Nascimento Braga (Datinha)

Capoeira: Robert Marley Carvalho de Sousa

Ciclismo: Esdras Sousa Penha

Fisiculturismo: Letícia Melo

Futebol: Ulisses Alves Viana

Futsal: Sol Sales

Ginástica: Marília Lima

Handebol: Emilly Diniz

Jiu-Jitsu: Bruno Ribeiro

Jogo de Damas: Kelly Silva Vieira

Judô: Claudio Flavio Santos Santana Filho

Karatê: Matheus Lima Dourado

Kitesurf: Bruno Lobo

Motociclismo: Rui Silvio de Oliveira Passos Segundo

Natação: Júlia Leal Nina

Sinuca: Bartolomeu Cardoso Feitosa (Beto)

Surfe: Arthur Victor Trindade de Sousa (Kadu Paquinha)

Tênis de Mesa: Francisco Guilherme Rodrigues Cruz

Tênis de Quadra: João Lopes

Tiro Esportivo: Emir Wendler

Triatlo: Dilson Pará

Vôlei: Thais Facundes Santana Santos da Silva

Xadrez: Felipe Damous

Troféu Incentivo ao Esporte: São Luís Shopping, Omega Energia e Cemar

Homenagem Paralímpica: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae)

Federação Destaque: Federação Maranhense de Ciclismo

Atleta do ano (júri popular): Ricardo Cândido Gomes Filho - Zito (Jiu-Jitsu)

Atleta do ano (júri oficial): Ulisses (futebol)

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte