Polícia | Entorpecentes

829 kg de drogas já foram apreendidos só este mês na Ilha de SL

No fim de semana, 720 kg de maconha foram apreendidos e ontem, a Polícia Federal prendeu um suspeito de tráfico internacional de drogas agia no Maranhão
Leandro Santos / Da equipe de O Estado07/12/2016

A apreensão de entorpecentes, nos últimos dias, na Região Metropolitana de São Luís, totaliza 829 kg. No último fim de semana, 720 kg de maconha foram apreendidos em incursões feitas pela polícia na Ilha. Ontem, foi preso em Açailândia, pela Polícia Federal, o suspeito de tráfico internacional de drogas, Luciano Felizardo, de 36 anos de idade.
No sábado, dia 3, foram presos os integrantes de facções criminosas e “cabeças” do tráfico de drogas na Ilha, identificados como Jailson Vieira Araújo e Cícero Rodrigues. Foram apreendidos também 180 kg de maconha em uma casa no Residencial Nova Terra, em São José de Ribamar.
Também no sábado, policiais militares, ao realizarem rondas no bairro Santa Efigênia, área da Cidade Operária, prenderam Josenir Mailson Pereira Carvalho, Ana Paula Menezes Santos, Mariana Roberta Amaral Pereira e Raíssa Milhomem Pires. Com eles, a polícia apreendeu 40 kg de maconha prensada que iria ser distribuída na localidade.
Na segunda-feira, dia 5, um jovem de 17 anos de idade foi apreendido no município de Paço do Lumiar, suspeito de tráfico de drogas. Com ele, policiais encontraram 109 tabletes de maconha prensada prontos para serem comercializados.
A apreensão foi efetuada por policiais do Grupo Tático Móvel (GTM) do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM). Além dos 109 tabletes de maconha, os policiais encontraram e apreenderam uma balança de precisão, utilizada no fracionamento do entorpecente, e uma motocicleta modelo Honda Biz de placa OXV-0170.
Cada tablete de maconha pesava aproximadamente 1 kg. O adolescente foi encaminhado para a Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) para os procedimentos legais. Os entorpecentes foram encaminhados para o Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim).

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte