Esporte | Super Liga Chinesa

Maranhense se torna o maior artilheiro da história de campeonato milionário na Ásia

Com 62 gols, Elkeson, que nasceu em Coelho Neto, brilha em competição avaliada em mais de R$ 800 milhões
OESTADOMA.COM 26/04/2016 às 15h15
Maranhense se torna o maior artilheiro da história de campeonato milionário na Ásia Elkeson deixou o Guangzhou Evergrande para jogar no Shanghai SIPG (Site oficial do Guangzhou Evergrande)

SÃO LUÍS – Em um campeonato com o valor de mercado avaliado em mais de R$ 800 milhões, com direitos de transmissões girando em torno de R$ 4,5 bilhões e com jogadores de renome como Renato Augusto e Jadson (ex-Corinthias), Ramires (ex-Chelsea), Marcelo Moreno (ex-Flamengo) e o colombiano Jackson Martinz (ex-Atlético de Madri), sem contar técnicos consagrados como Felipão e Luxemburgo, o maranhense Elkeson fez história ao se tornar o maior artilheiro de todos os tempos. Com o gol que marcou na última rodada pelo Shanghai SIPG, o atacante – que nasceu em Coelho Neto (385 km de São Luís) – chegou ao tento de número 62 e se tornou o maior goleador da Super Liga Chinesa de Futebol, ultrapassando o hondurenho Ramírez, que tem 61.

Recentemente, uma transferência dentro do próprio mercado chinês tornou o ex-meia do Botafogo em uma das contratações mais caras da atual janela de transferência do futebol mundial.

Elkeson não é o artilheiro da temporada na liga do país comunista, posto ocupado atualmente pelo chinês Gao Lin, do Guangzhou Evergrande, que tem cinco gols. Mas ao marcar diante do Changchun Yatai, na vitória por 3 x 1, em partida disputada no domingo (24), o maranhense assumiu a artilharia histórica do certame.

Em entrevista ao site Lance.net, Elkeson, que tem 26 anos e uma breve passagem pela Seleção Brasileira, falou sobre o feito. “Atingir uma marca dessa, deixando meu nome marcado. Estou feliz pelos gols estarem acontecendo e por estar ajudando o time a vencer”, comentou. O time de Elkeson ocupa a 3ª posição do campeonato e volta a campo neste domingo (29) para enfrentar o Yanbian FFC, que foge da zona de rebaixamento.

Transações milionárias e história

Elkeson de Oliveira Cardoso, que começou sua carreira nas tradicionais categorias de base do Vitória, da Bahia, se transferiu do Botafogo para o futebol chinês por 5,7 milhões de euros (cerca de R$ 15,6 milhões), em 2012. Em seguida, ele deixou o Evergrande como maior artilheiro da história do clube, com 77 gols em 111 jogos, e se transferiu para o seu atual clube pela bagatela de R$ 83 milhões, tornando-se um dos jogadores mais caro do mundo na temporada.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte