Julgamento

Justiça aumenta condenação do assassino de Décio Sá

Jhonatan Silva recebeu pena de 27 anos e cinco meses; recursos de réus foram julgados ontem, pela 2ª Câmara Criminal, que também anulou julgamento de Marcos Bruno e adiou decisão sobre júri popular de outros acusados
Ismael Araujo/O Estado19/11/2015

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ) decidiu aumentar para 27 anos e 5 meses (um acréscimo de 2 anos e dois meses) a pena de Jhonatan de Sousa Silva, o Sula, pela morte do jornalista e blogueiro Décio Sá, na época com 42 anos, ocorrida na noite do dia 23 de abril de 2012, na Avenida Litorânea. Assassino confesso, Jhonatan já havia sido condenado pelo juiz Osmar Gomes, em fevereiro de 2014.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte