De volta ao trabalho

Greve dos Correios termina na maior parte do país

Dos 23 sindicatos, 21 decidiram encerrar o movimento paredista.

Imirante.com, com informações da Assessoria

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h24
Trabalhadores retornam ao trabalho.
Trabalhadores retornam ao trabalho. (Foto: De Jesus/O Estado)

SÃO LUÍS - Nessa segunda-feira (8), a maior parte dos trabalhadores dos Correios que havia aderido à paralisação parcial decidiu em assembleias retornar às atividades. No Maranhão, a classe retorna ao trabalho também. Dos 23 sindicatos, 21 decidiram encerrar o movimento paredista.

Em Santa Catarina e na região de Santa Maria (RS), os empregados decidiram continuar a paralisação, no entanto, terão de cumprir decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de manter o mínimo de 80% do efetivo em cada unidade. No Acre, a assembleia será realizada apenas nesta terça-feira (9).

Na sexta-feira (5), empregados do Distrito Federal, Espírito Santo, Amapá, Roraima, Tocantins, Sergipe, Rio Grande do Sul, Ribeirão Preto e região, Uberaba e região, Bauru e região, Santos e região, e Juiz de Fora e região já haviam retornado ao trabalho.

No fim de semana (6 e 7), houve mutirão em todo o país. A iniciativa envolveu cerca de 12 mil trabalhadores, que triaram (prepararam para entrega) 14,4 milhões de cartas e encomendas e entregaram 5,7 milhões de objetos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.