Oportunidade

Escola de programação oferta curso gratuito em parceria com Itaú

Ao final do curso, melhores participantes poderão trabalhar na área de tecnologia do banco.

Educa Mais Brasil/ Publipost

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h01
Durante o curso on-line e gratuito de TI serão discutidos alguns temas como: Lógica de Programação em Python, Banco de Dados, Decision Science e Data Science.
Durante o curso on-line e gratuito de TI serão discutidos alguns temas como: Lógica de Programação em Python, Banco de Dados, Decision Science e Data Science. (Foto: Divulgação)

O 1º Bootcamp Externo Itaú Dados, programa de capacitação on-line e gratuito realizado pelo Itaú em parceria com escola de programação Let’s Code, recebe até esta sexta-feira (24) inscrições de interessados em aprender um pouco mais da área de Tecnologia da Informação (TI) e, ao final da
capacitação, ter a chance integrar a equipe de tecnologia do banco.


Para participar é necessário ter mais de 18 anos, algum conhecimento em tecnologia e não ser um colaborador do Itaú. Serão, ao todo, 480 horas de formação, dividas em 8 horas de aulas por dia com especialistas durante o período de 12 semanas. As inscrições podem ser realizadas pelo site do
programa
. O início das aulas está previsto para o dia 18 de novembro.


De acordo com o CEO da Let’s Code, Felipe Paiva, a iniciativa tem como objetivo “formar profissionais de maneira pragmática, com tecnologias modernas e garantir que eles saibam programar de verdade ao final do programa”. O programa visa conseguir atrair profissionais de diferentes perfis e regiões do Brasil sem exigir uma formação específica.


Durante o curso on-line e gratuito de TI serão discutidos alguns temas como: Lógica de Programação em Python, Banco de Dados, Decision Science e Data Science. No fim, os aprovados terão a chance de ser contratados para integrar a equipe de tecnologia do Itaú. Para participar do processo de contração é necessário ter conhecimento e contato mínimo com lógica da programação.


Segundo os organizadores, serão escolhidos os 30 melhores perfis com foco em diversidade. Ao longo do bootcamp, os alunos serão avaliados a partir de critérios como engajamento (presença e entrega de projetos), além de autonomia e interações com os demais colegas durante o período de curso.


Já o processo seletivo em si será realizado em três fases. A primeira é composta por prova de lógica, lógica da programação e apresentação pessoal com vídeo de até 3 minutos. Na segunda etapa, haverá dinâmica em grupo com os especialistas do Itaú e e Let's Code. E, por fim, curso síncrono de lógica da programação para avaliar os candidatos na prática.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.