São Luís

Programação desta quinta-feira na Semana do Teatro no MA

Destaque para o lançamento do livro Nostalgia, dos escritores Gallo Cerello e Helena Cerântola.
Na Mira 28/03/2012 às 12h35

SÃO LUIS - A VII Semana do Teatro no Maranhão terá, nesta quinta-feira (29), uma programação movimentada. Promovida pelo governo do Estado e realizada pela Secretaria de Estado da Cultura (Secma), por meio do Teatro Arthur Azevedo, em comemoração ao Dia Internacional do Teatro, Dia Nacional do Circo e do Artista Circense (27 de março), destaca apresentação de espetáculos maranhenses e convidados de outras regiões brasileiras, oficinas de teatro, com professores convidados, e o lançamento do livro Nostalgia, da editora Circo Vox, dos escritores Gallo Cerello e Helena Cerântola, às 20h, no Foyeur do TAA.

Com entrada franca (o público deve retirar as senhas nas bilheterias dos teatros e espaços uma hora antes de apresentação dos espetáculos), a VII Semana do Teatro que acontece em São Luís até o domingo (1º), vem mostrando 44 espetáculos teatrais e 12 oficinas/cursos de teatro.

O evento foi aberto na segunda-feira (26) e acontece nos teatros Arthur Azevedo, Alcione Nazaré, João do Vale e Centro de Artes Cênicas do Estado do Maranhão (Cacem), praças Nauro Machado e João Lisboa (para apresentação de espetáculos), Galeria Russa ECIMUSEUM, Espaço Odeon e Feira da Praia Grande (performances e intervenções).

Quatro municípios maranhenses também recebem a trupe do teatro no período de 13 a 22 de abril, com apresentação de espetáculos e oficinas. São eles: Humberto de Campos, Miranda, Cantanhede e Monção.

Oficinas

As oficinas acontecem pela manhã, a partir das 9h, e à tarde, das 14h às 18h. Nesta quinta-feira (29), atores, alunos de cursos de teatro superiores e técnicos, diretores teatrais, professores de teatro, arte educadores e profissionais afins às artes cênicas participam das oficinas pela manhã: Crítica Teatral, com o professor Ferdinando Martins (SP), no espaço ECIMUSEUM (Rua 14 de Julho, Praia Grande); Elaboração de Projetos Culturais, ministrada pelo professor Cassiano Gomes (RJ); e Perna de Pau, com o grupo Quintal do Circo (RJ), ambas no Cacem (Rua de Santo Antonio, Centro).

No turno da tarde, a partir das 14h, três oficinas estarão acontecendo: Técnica de Viewpoints, com Zé Alex (RJ), no Salão Versátil (TAA); Teatro de Sombras, com o grupo Teatro Sim Porque Não (SC), na Sala do Coro (TAA); e O Corpo Poético, com elenco dos grupos Coletivo Trupe Arlequin e Grupo GECA (PB), na Sala de Dança (TAA).

Espetáculos de Palco

Cinco espetáculos teatrais serão apresentados nesta quinta-feira (29) nos palcos dos teatros dentro da programação da VII Semana de Teatro. As peças começam a ser encenadas pela manhã, às 10h, nos teatros Arthur Azevedo e João do Vale, dentro do programa de formação de platéia do TAA, do projeto Núcleo Arte Educação (NAE) que é desenvolvido em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc). No Arthur Azevedo será encenado Interplanetário Levitador Xereta Orbital, com a Cia ACB Teatral (RJ); e, no João do Vale, O Menino e o Barquinho, com o grupo Pés de Fulô (MA).

À noite, os espetáculos começam às 18h, no palco do João do Vale, onde o público poderá assistir a Poemas para Che, com elenco do Sated (MA); no Alcione Nazaré, às 19h, será encenado Primeiro Amor, com o grupo Rascunho (MA); e, no palco do Arthur Azevedo, às 20h, Curta a Temporada, que será apresentada pelo grupo Circo Vox (SP).

No Foyeur do Teatro Arthur Azevedo os atores e professores de teatro Gallo Cerello e Helena Cerântola,do grupo Circo Vox, do Rio de Janeiro, lançam o livro Nostalgia.

Espetáculos de Rua

A peça Valentim, com a Trupe do Descoco, do Rio de Janeiro, será apresentada na Praça Nauro Machado, às 17h.

Performances

O bailarino maranhense Hélio Martins apresenta Geni e o Zepelim, na Galeria Russa ECIMUSEUM, às 19h.

Sinopses

Interplanetário Levitador Xereta Orbital - com quase cinquenta apresentações já participou de vários festivais e mostras de teatro, no Brasil exterior. O espetáculo tem texto original de Ivanir Calado, adaptação, concepção e direção de Antonio Carlos Bernardes, conta a história de uma menina que na hora do recreio, fica sozinha no pátio de sua escola, pois nenhuma das crianças maiores quer com ela brincar. Ela também não quer brincar com os menores e se sente diferente e rejeitada por todas as outras. De uma lata onde está escrito L.I.X.O. surge, um palhaço extraterrestre, que leva a menina para outros planetas, onde todos os habitantes são iguais e tem o mesmo comportamento. Os dois fazem uma viagem interplanetária, passando pelos planetas Trampo, Preguiça, Deprê e Ha Ha (Alegria). A menina acaba por descobrir como é ruim todos serem iguais e o quanto é interessante ser diferente, uns dos outros. Com classificação livre o espetáculo tem duração de 45 minutos.

O Menino e o Barquinho - atores e bonecos contam a história do menino Heli e seu Barquinho. O sonho de conhecer o além do horizonte se torna possível através do livro. Um mundo mágico se abre e o encontro com os personagens da literatura torna o sonho uma aventura comovente. O espetáculo é encenado e dirigido pelas atrizes Sandra Cordeiro e Silvana Cartágenes, com duração de 50 minutos.

dirigido pelo ator e diretor Charles Melo, o espetáculo narra a história do médico, poeta e revolucionário Che Guevara, apresenta o outro lado do guerrilheiro que lutou pela igualdade e a paz por onde passou. Que deu sua vida pelo que acreditava: a poesia em um universo que poucos sabiam ler. Seu amor, sua luta, suas contradições e decepções, sua vida e sua morte.

Primeiro Amor - o espetáculo é resultado da conclusão de curso do ator Raphael Brito, relata a história de um ser, de um homem, de uma espécie, que ao contrário de outras não está em extinção, mas presente no contexto da vida de cada individuo, afirmando a natureza intratável dos apegos humanos. Revelando um momento catastrófico de sua vida, uma voz sem nome, fala e consegue contar uma história, a sua. Um texto de Samuel Beckett, é apresentado por Raphael Brito, que também assina adaptação e maquiagem. O espetáculo tem 50 minutos no gênero drama e classificação para 13 anos.

Curta a Temporada - indicado para toda a família, tem direção e criação de Elena Cerântola e Gallo Cerello, tem uma linguagem contemporânea, mistura canto, dança, teatro, imagens de vídeo e luz negra aos números circenses de malabarismo, contorcionismo, tecido aéreo, pirâmides acrobáticas, clown, mágicas e outras, sem se distanciar dos elementos fundamentais do circo tradicional. O espetáculo mostra um casal de clowns enfrentando a hora mais difícil deles...sua morte. Dessa forma mostram ao público a forma mais divertida de lidar com a inevitabilidade da morte e a importância de enfrentar a visa com humor, mesmo que seja em doses de humor negro. Interativo, diverte a família inteira. Tem duração de 90 minutos.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.