Corpo

Dieta: como fazer boas trocas na sua alimentação

Suco de uva ou laranja? Descubra qual a melhor opção.
Na Mira com informações da assessoria22/06/2015 às 22h00

Ao invés de preparar um suco natural, abrir a geladeira e pegar um refrigerante é muito mais prático, não é verdade? Só que isso só contribui para o aumento de peso e das temidas gorduras localizadas. Mas quem está em busca de saúde também não precisa seguir uma dieta radical. É o que garante uma pesquisa feita pela Universidade de East Anglia (EUA), que comprovou: para entrar em forma não há necessidade de cometer sacrifícios. Segundo a pesquisa, para emagrecer com saúde é preciso apenas diminuir a quantidade de gorduras consumidas. Na prática isso significa cortar do cardápio alimentos como bolos, queijos gordurosos, salgadinhos industrializados, fast food e fazer combinações inteligentes durante as refeições. Trocar o leite e iogurtes integrais por versões de baixa caloria, por exemplo, pode ser uma alternativa para quem sonha eliminar a barriguinha. E essas trocas alimentares saudáveis ainda podem ajudar no controle do colesterol.


O nutrólogo André Veinert, diz que substituir os alimentos pode garantir melhores resultados na balança. “O ideal é trocar alguns alimentos por outros similares, porém, eles devem ser menos calóricos. Vale ressaltar que essas trocas devem ser feitas sob orientação e muito bem equilibrada para não comprometer a saúde”, explica. Substituir os alimentos faz parte do processo de reeducação alimentar para quem está buscando a perda de peso ou apenas uma boa saúde. “A reeducação é a melhor saída para quem quer emagrecer e não as dietas da moda. Essas dietas muito restritivas só causam sofrimento e fome, causando uma perda de massa magra muito rápida e, ao mesmo tempo, a recuperação do peso, o que consiste no efeito sanfona”, afirma o nutrólogo.


André recomenda comer de três em três horas para manter o metabolismo acelerado. “Procure fazer refeições coloridas, de baixo índice glicêmico, rica em fibras e pobre em açúcar, sal, gordura saturada e trans”, diz. Na dúvida entre consumir pão branco e integral? O nutrólogo André Veinert elaborou uma lista com os alimentos que podem ser consumidos sem culpa por quem está de dita e também quem quer preservar a saúde:


No café da manhã
Pão branco ou Pão integral
Na dúvida opte pelo integral, pois ele é rico em fibras e aumenta a saciedade. “O alimento integral alimenta as bactérias que moram no intestino e, quando estão bem nutridas, elas fornecem mais propionato, uma substância que está relacionada aos níveis de gordura na circulação”, revela o nutrólogo.


Manteiga ou margarina
A margarina recebe vantagem porque não é gerada de gordura animal e colesterol, por isso é a melhor opção para quem deseja perder peso com saúde.


Leite integral ou desnatado
O leite desnatado garante a entrada do cálcio no organismo, o que é fundamental para os ossos. Já o leite integral é rico em gorduras e calorias.


Biscoitos recheados ou integrais
Faça uma troca saudável escolhendo o biscoito integral, que contém menos açúcar, menos gordura e mais fibras em relação aos biscoitos recheados e amanteigados.


Almoço
Arroz branco ou arroz integral
“O arroz branco apresenta cerca de 1,2mg de fibras, enquanto o integral apresenta quase o dobro, 2,1 mg”, esclarece o Dr. André Veinert. O arroz integral também é aliado do coração, pois o seu consumo diminui os riscos de inflamação das artérias e de desenvolver doenças cardiovasculares, além de melhorar a circulação do sangue.


Legumes in natura ou enlatados
Os legumes in natura são mais saborosos e possuem menos sódio, boa alternativa para quem se preocupa com a pressão arterial.


Picanha ou lombo
O lombo tende a ser mais magro que o pernil. “Para consumir a carne, limpe bem a peça antes de cozinhá-la e retire toda a gordura aparente. Essa é a melhor forma de obter os benefícios da carne”, sugere o nutrólogo.


Frango com pele ou frango sem pele
A pele deve ser retirada antes do cozimento, pois quando submetidos ao calor, a gordura saturada e o colesterol da pele conseguem se dissolver e penetrar na carne.


Lanche da Tarde
Suco de laranja ou de uva
Opte pelo suco de uva, pois na casca da fruta contém o resveratrol, que atua na redução do colesterol e tem efeito antioxidante.

Bauru por peito de peru ou queijo branco

O queijo prato e o presunto contêm gordura saturada e colesterol. Procure substituí-los por um lanche com peito de peru ou queijo branco.


Jantar
Carne vermelha ou Salmão
O salmão é rico em proteína e em ômega 3, sendo um grande aliado na prevenção de doenças cardiovasculares e até de alguns tipos de câncer. Já a carne vermelha possui muita gordura saturada e calorias.


Salada de frutas ou tortinhas
Fuja dessas tortinhas, pois a sua massa contém muita manteiga e açúcar. Opte por uma salada de fruta como sobremesa que é muito mais saudável.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.