Perícia

Morte do ator Luiz Carlos Araújo foi causada por asfixia acidental

Segundo a perícia, Luiz Carlos, que atuou em musicais e na novela Carinha de Anjo (SBT), tinha drogas no organismo quando morreu.

Na Mira, com informações da revista Quem

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h01
Ator Luiz Carlos Araújo, de 42 anos.
Ator Luiz Carlos Araújo, de 42 anos. (Foto: Arquivo Pessoal)

BRASIL - A causa da morte do ator Luiz Carlos Araújo, de 42 anos, foi revelada nessa quarta-feira (22) e se deu por uma asfixia acidental. A informação foi confirmada ao UOL pela equipe do delegado Roberto Monteiro, responsável pela investigação, após análise do laudo do Instituto Médico Legal (IML).

Segundo a perícia, Luiz Carlos, que atuou em musicais e na novela Carinha de Anjo (SBT), tinha drogas no organismo quando morreu. "Não foram observados sinais de constrição (alteração) cervical externas ou internas, mesmo após dissecção cuidadosa do pescoço", dizia o laudo.

"Consta da ocorrência que a vítima foi encontrada com um saco preto na cabeça, prática essa conhecia em Literatura Médica como re-respiração, usada com certa frequência para aliviar a respiração rápida e descontrolada em situações de ansiedade e em muitas práticas de asfixiofilia/parafilias, com o intuito de aumentar o teor de dióxido de carbono e diminuir o teor de oxigênio, variações estas que causam vasodilatação ou vasoconstrição de vasos extra e endocranianos. Tal prática pode ter como complicação a asfixia por confinamento (troca do ar respirável por ar irrespirável)", ainda constava no documento.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, o atual namorado de Luiz Carlos prestou esclarecimentos nesta quarta-feira (22), após ser chamado pela Polícia Civil.

"A associação de antidepressivos, cocaína e álcool, com consequente rebaixamento do nível de consciência, associada ao confinamento foram as causas da morte (acidental)", dizia a conclusão do laudo.

O corpo do ator foi encontrado no fim da tarde do último dia 11, no apartamento onde morava na região central da capital paulista.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.