Associativismo

Quebradeiras de coco apresentam Conselho de Desenvolvimento Comunitário

A iniciativa é baseada em um modelo participativo de relacionamento entre as comunidades.
Imirante Imperatriz, com informações da assessoria.06/02/2015 às 22h04

IMPERATRIZ – Durante uma reunião nessa quinta-feira (5), as quebradeiras de coco-babaçu das comunidades, localizadas na região da Estrada do Arroz, Reservas Extrativistas Ciriaco e Mata Grande, apresentaram a instituições e associações locais o Conselho de Desenvolvimento Comunitário.

A iniciativa é baseada em um modelo participativo de relacionamento entre as comunidades onde atua uma empresa de celulose, com o objetivo de transformar a realidade socioeconômica dessas comunidades, criando uma cultura empreendedora.

Para a presidente da Associação de Coco-Babaçu de São Félix, Luciléia Dias de Jesus, a iniciativa tem feito diferença na vida das trabalhadoras. “Para nós, é uma conquista e um caminho que, acredito, irá colaborar para melhorar as condições das quebradeiras de coco. Estamos com mais credibilidade, e juntos temos mais força”, disse.

Para este ano, a empresa de celulose pretende estender o modelo a outros grupos, fortalecendo as comunidades locais por meio da organização social em grupos, criação de estratégias, planos de desenvolvimento e canais para disseminação das atividades na região.

O encontro foi realizado na comunidade de Coquelândia e contou com a participação de, aproximadamente, 50 pessoas de associações de pequenos produtores rurais de São Félix, Olho D’Água dos Martins e São José da Matança; Fórum da Cidadania das Comunidades da Estrada do Arroz, Instituto Chico Mendes (ICMBio), Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Imperatriz (STTR), Secretaria Municipal de Agricultura, Casa Familiar Rural (CFR), Associação do Grupo de Resistência da Estrada do Arroz, Associação das Quebradeiras de Coco Babaçu de Petrolina e Associação de Quebradeiras de Coco Babaçu da Estrada do Arroz.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.