Pneumonia

Médicos alertam sobre riscos de doenças respiratórias

A pneumonia se torna mais comum nesta época do ano por causa do calor e da alta umidade do ar.
Tayse Feques/TV Mirante 12/05/2010 às 14h56

IMPERATRIZ - Especialistas alertam a população para os riscos das doenças respiratórias, entre elas, a pneumonia. A doença se torna mais comum nesta época do ano por causa do calor e da alta umidade do ar. Crianças e pessoas idosas são as maiores vítimas. Assista à reportagem de Tayse Feques, da TV Mirante.

Bastou uma semana de tosse seca e quase dois dias de dores no abdômen para a pedagoga Keila Pacheco receber o diagnóstico: era pneumonia. No caso da pedagoga, a doença não precisou de outros sintomas para se manifestar.

Nesta época do ano, é comum o aumento dos casos de pneumonia, principalmente entre crianças com menos de cinco anos e idosos acima de setenta. Aliás, a maior taxa de mortalidade por conta da doença está nessas faixas etárias.

Em um determinado hospital da rede pública de Imperatriz são registrados, por mês, uma média de oitenta casos da doença. A maioria das internações por doenças respiratórias é devido à pneumonia.

As doenças respiratórias constituem a quinta causa de óbito no Brasil. A pneumonia, dentre essas doenças, é a segunda que mais mata, perde só para a asma.

Só para se ter uma ideia, no ano passado, foram registrados, em hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS), dois milhões de casos de pneumonia. Destes, trinta e três mil vieram a óbito.

A pneumologista Rosilene Cunha explica que o surgimento dos casos entre os meses de março a outubro está relacionado ao calor e a umidade, que acaba favorecendo a doença. Daí, o alerta.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.